???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4004
Tipo: Dissertação
metadata.dc.title: Viabilidade de incorporação de resíduo de cromo proveniente de curtume em materiais cerâmicos, utilizando argilas distintas
Autor(es): Costa, Raphaela Moreira
Primeiro Orientador: Wagner, Caroline
1° Membro da banca: Arruda, Alexandre Denes
2° Membro da banca: Moura, Ronald Rolim de
3° Membro da banca: Lugokenski, Thiago Henrique
Resumo: A indústria da cerâmica abastece principalmente o setor da construção civil, um negócio que vem se destacando no Brasil devido à alta demanda por imóveis e reformas no país. Apesar da grande quantidade de reservas de argila espalhados pelo país, existem obstáculos devido a preocupação com o meio ambiente, que por meio de leis restritivas e unidades de conservação dificultam na disponibilidade destes recursos minerais. Além disso, a cerâmica é muito estudada para encapsulamento de resíduos, visando custo benefício e sustentabilidade. Um desses resíduos é o de cromo proveniente do curtimento de couro, tem características poluentes e de alta periculosidade, por conter cromo (Cr)III. Este trabalho tem por objetivo estudar a viabilidade da incorporação de resíduo de cromo proveniente de curtume em materiais cerâmicos, utilizando argilas distintas. Para isso, foi selecionada dois tipos de argila, coletadas em locais diferentes e moldados corpos cerâmicos, onde foram incorporados a massa da argila 0, 1 e 2% de resíduo de Cr e então extrusados. Em seguida foram secos e queimados nas temperaturas de 900ºC e 1050ºC, por fim foi possível realizar os ensaios para avaliar as características da cerâmica fabricada. A caracterização das matérias-primas mostrou através dos limites de Atterberg que a argila vermelha é mais plástica que a argila preta, as composições químicas das argilas foram semelhantes apresentando variações principalmente na quantidade de silício (Si), onde a argila preta contém 44,14% e a vermelha 38,79%, ferro (Fe) com 6,31% na argila preta e 5,39% na vermelha e potássio (K) com valores de 1,76% na argila preta e 0,51% na vermelha, o resíduo proveniente de curtume apresentou 8,03% de Cr e a argila preta possui maior quantidade de carbono que a argila vermelha, sendo de 0,86% para a argila vermelha e 2,92% para a argila preta. Em relação as propriedades físico-químicas da cerâmica, foi possível verificar a tendência de redução de absorção de água e porosidade quando aumentada a temperatura de 900ºC para 1050ºC, a argila vermelha aparenta maior massa específica aparente e retração linear que a argila preta e quanto a perda de massa ao fogo e tensão de ruptura, a tendência é de valores menores para a argila vermelha. Quanto a adição de cromo, associado a temperaturas de 1050ºC pode-se dizer que as cerâmicas constituídas de argila vermelha tiveram suas características melhoradas, principalmente a tensão de ruptura, já a argila preta apesar da redução de tensão ainda podem ser utilizados em todos os tipos de fabricação de tijolos. Desta forma, pode-se concluir que é possível a incorporação do resíduos com sais de cromo estudado em cerâmicas uma vez que o mesmo não altera os parâmetros de plasticidade e as propriedades físico-químicas das cerâmicas testadas.
Abstract: The ceramic industry supplies mainly to the construction sector due to its growth in Brazil. Even though there are large clay reserves scattered around the country, it is still difficult to reach those mineral resources because of the restrictive laws and conservation units. Moreover, ceramics have been studied as a way of encapsulate residues aiming cost benefit and sustainability. As an example, there is the residue coming from the leather tanning which contains in its composition chromium (Cr) III. Due to this residue has pollutants characteristics and of high dangerousness. This research aims to study the feasibility of incorporating chromium residue coming from the tannery industry in ceramic materials using different clays. In order to achieve the goals of this research, two types of clay were collected in different places and molded into ceramic bodies, where it was incorporated 0, 1 and 2% of the chromium residue into the clay mass and then extruded. Afterwards they were dried and burned at temperatures of 900 ºC and 1050 ºC. Finally, it was evaluated the manufactured ceramics characteristics. The characterization of the raw materials, through limits of Atterberg shows that the red clay is more plastic than the black one. The chemical composition of both of them are similar, except by the quantities of silicon (Si), which the black one contains 44.14% and red 38.79%. For the other compounds, the results are following, for the iron (Fe) with 6.31% in black clay and 5.39% in red, potassium (K) with a content of 1.76% in black clay and 0.51% in red. The residue coming from tannery presented 8.03% of Cr, moreover the red clay has more carbon than the black one, with 0.86% and 2.92% respectively. Regarding the ceramics physicochemical properties, it was observed the tendency of reducing the porosity and the water absorption capacity when it is increased the burning temperature from 900 ºC to 1050 ºC. Besides, the bulk density and the linear retraction are greater in the red clay. Also for the red clay the tendency of mass loss and rupture tension are lower than in the black one. About the addition of chromium associated with a temperature of 1050 °C, it can be said that the ceramic characteristics from the red clay were improved, mainly the rupture tension. Even though the black clay has shown a reduction in the tension resistance, it still can be used to manufacture of different types of brick. Therefore, it can be concluded that it is feasible the incorporation of chromium salts in ceramics, due to its presence does not interfere on the plasticity parameters and the physical-chemical properties of the tested ceramics.
metadata.dc.subject: Cromo
Curtume
Resíduo
Reúso
Cerâmica
Chromium
Tannery
Residue
Reuse
Ceramics
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Caçapava do Sul
Curso: Mestrado Profissional Tecnologia Mineral
metadata.dc.identifier.citation: COSTA, Raphaela Moreira. Viabilidade de incorporação de resíduo de cromo proveniente de curtume em materiais cerâmicos, utilizando argilas distintas. 2018. 100 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Mineral) Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4004
metadata.dc.date.issued: 2018
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Mestrado Profissional em Tecnologia Mineral

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
Raphaela Moreira Costa 2018 Dissertação.pdfDissertação apresentada ao programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Tecnologia Mineral da Universidade Federal do Pampa, Campus Caçapava do Sul, como requisito parcial para a obtenção do Título de Mestre em Tecnologia Mineral3,06 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???