Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1260
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Docente ou doente: como fica a rotina dos profissionais da educação com o crescente adoecimento emocional?
metadata.dc.creator: Palacios, Rosiane Alves
metadata.dc.contributor.advisor1: Fleck, Carolina Freddo
metadata.dc.description.resumo: Com o passar dos anos, além das doenças laborais que afetam o corpo dos trabalhadores, surge um novo cenário de quadros clínicos nas organizações públicas e privadas: as doenças da psique. Diante de tal fato, esta pesquisa teve por finalidade, identificar quais são as consequências geradas pelo aumento das patologias emocionais laborais na rotina de trabalho dos professores da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul. Como fundamentação teórica apresentaram-se os seguintes tópicos: o papel do trabalho para a satisfação do ser humano, as patologias do trabalho e as patologias psíquicas mais comuns do trabalho. Para a concretização da investigação, foi realizado um estudo de caso, estruturado com entrevistas em profundidade e grupo focal, aplicado com nove professoras da rede estadual de ensino da cidade de Osório-RS, utilizando-se como técnica de análise de dados a análise de conteúdo interpretativa. Ao final deste estudo chegou-se ao entendimento de que além de sobrecarregar os docentes remanescentes, o adoecimento crescente dos profissionais da educação compromete a qualidade das aulas, da formação e educação dos alunos. Passa a existir uma reação em cadeia: carência de professores, falta de aulas e desmotivação dos alunos e docentes
Abstract: With the passing of years, beyond labor diseases that affect the body of workers, appears a new scenery of clinical findings in a public and private organizations: diseases of the psyche. In view of this, this research was aimed to identify the consequences generated by increased emotional disorders labor in the routine work of teachers of state schools of Rio Grande do Sul. As theoretical framework presents the following topics: the role of work for the satisfaction of human, pathologies of the work and the most common psychiatric diseases work. Such research was conducted a case study, structured in-depth interviews and focus groups applied with nine teachers from the state system schools in the city of Osório, who belongs to the state of Rio Grande do Sul, using as data analysis technique to interpretive content analysis. At the end of this study came to the understanding that besides from overloading the remaining teachers, the increasing illness of education professionals committed to quality of classes, training and education of students. Comes into existence a chain reaction: lack of teachers, lack of instruction and motivation of students and teachers.
Keywords: Public management: Brazil
Job satisfaction: teachers
Occupational health: psychic pathologies
Stress
Bipolarity
Obsessive-Compulsive Disorder - OCD
Gestão pública - Brasil
Bipolaridade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Santana do Livramento
Citation: PALACIOS, Rosiane Alves. Docente ou doente: como fica a rotina dos profissionais da educação com o crescente adoecimento emocional? Santana do Livramento: Unipampa, 2014.
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1260
Issue Date: 2014
Appears in Collections:Tecnologia em Gestão Pública



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons