???jsp.display-item.identifier??? https://repositorio.unipampa.edu.br/jspui/handle/riu/5620
Tipo: Dissertação
metadata.dc.title: Avaliação dos efeitos de uma dieta rica em sacarose sobre os comportamentos associados a neurodegeneração em Drosophila melanogaster
metadata.dc.title.alternative: Evaluation of the effects of a diet rich in sucrose on the behaviors associated with neurodegeneration in Drosophila melanogaster
Autor(es): Goulart, Aline da Silva
Primeiro Orientador: Folmer, Vanderlei
Resumo: Disfunções associadas a dietas com alimentos ultra processados, ricas em carboidratos e biologicamente inadequadas são cada vez mais evidenciadas na literatura. Obesidade, síndrome metabólica e Diabetes mellitus tipo II estão entre as alterações metabólicas mais recorrentes e comprometedoras. O DM é um fator de risco para o desenvolvimento de alterações neurológicas, como o mal de Alzheimer e a Doença de Parkinson. Diversos modelos animais têm sido utilizados para se estudar os mecanismos envolvidos em síndromes metabólicas e comprometimentos neurodegenerativos. Dentre esses modelos citamos a Drosophila melanogaster, conhecida como a mosca da fruta. Esse animal tem se destacado pela semelhança existente entre o seu sistema endócrino com o dos mamíferos. Sendo assim, este estudo teve por objetivo avaliar os efeitos de uma dieta rica em sacarose sobre o comportamento associado a neurodegeneração em moscas. Para isso, as moscas foram alimentadas com uma dieta padronizada, em diferentes concentrações de sacarose, sendo: 5% sacarose (controle), 10%, 20% e 40% sacarose. Foi ofertada 300μl diariamente da dieta durante cinco dias, usando o método de alimentação Continuous Liquid Feeding (CLF). Os dados demonstraram que as moscas expostas a dieta hiperglicídica tiveram redução no tempo de vida. Em relação ao parâmetro de peso as moscas não tiveram nenhuma alteração. A dieta causou o aumento dos níveis de glicose e triglicerídeos, no corpo inteiro das moscas e também na hemolinfa e carcaça dos animais. Ainda, as moscas que foram alimentadas com as concentrações de 40% sacarose apresentaram os níveis de estresse oxidativo elevado. Essa alteração também foi acompanhada pela a depleção significativa dos níveis de dopamina da cabeças desses animais. Nosso estudo também demostrou que as moscas expostas a dieta nas concentrações mais altas se sacarose apresentavam déficits de comportamento locomotor e exploratório. Assim, consideramos que, as alterações metabólicas, como aumento dos níveis de glicose e triglicerídeos, ocasionam o acréscimo dos níveis de estresse oxidativo, que por sua vez levam a depleção dos níveis de dopamina, também acreditamos que a redução dos níveis de dopamina possivelmente precede os danos locomotores observados. A partir do exposto, nossa pesquisa contribui com outros estudos no intuito de compreender o envolvimento da síndrome metabólica e o surgimento das doenças neurológicas. Afim de elucidar essa questão, temos como perspectiva futuras, 1: avaliar alguns genes que estejam envolvidos na sinalização da insulina como os dilps (2, 3 e 5), CHICO, Inr; 2: avaliar a toxidade da dieta hiperglicídica sobre marcadores inflamatórios em Drosophila melanogaster e 3: avaliar o reposicionamento de fármacos no tratamento do DM tipo II.
Abstract: The dysfunctions caused by the excessive consumption of hyperglycidic and / or biologically distorted diets in the long term promote the development of obesity, characterized as excessive accumulation of fat in the body and is related to the appearance of the metabolic syndrome and type II Diabetes mellitus (DM). DM is a risk factor for the development of other pathologies, such as Alzheimer's disease and Parkinson's disease. Several animal models have been used to study the mechanisms involved in metabolic syndromes and neurodegenerative diseases. Among these models we mention Drosophila melanogaster, known as the fruit fly. This animal has stood out due to the similarity between its endocrine system and that of mammals.Thus, this study aimed to evaluate the effects of a diet rich in sucrose on the behavior associated with neurodegeneration in flies. For this, the flies were fed a standardized diet, in different concentrations of sucrose, being: 5% sucrose (control), 10%, 20% and 40% sucrose. 300μl of the diet was offered daily for five days, using the Continuous Liquid Feeding (CLF) method. The data demonstrated that flies exposed to a high-glycemic diet had a reduced life span. Regarding the weight parameter, the flies had no changes. The diet caused an increase in the levels of glucose and triglycerides, in the whole body of the flies and also in the hemolymph and carcass of the animals. Also, the flies that were fed with concentrations of 40% sucrose showed high levels of oxidative stress. This change was also accompanied by significant depletion of dopamine levels in the heads of these animals. Our study also showed that flies exposed to the diet in the highest concentrations had sucrose deficits in locomotor and exploratory behavior. Thus, we consider that metabolic changes, such as increased levels of glucose and triglycerides, cause an increase in oxidative stress levels, which in turn lead to depletion of dopamine levels in the head of flies. We also believe that the reduction in dopamine levels possibly precedes the observed locomotor damage. Based on the above, our research contributes to other studies in order to understand the involvement of the metabolic syndrome and the emergence of neurological diseases. In order to elucidate this issue, we have the future perspective, 1: to evaluate some genes that are involved in insulin signaling, such as dilps (2, 3 and 5), CHICO, Inr; 2: to evaluate the toxicity of the hyperglycidic diet on inflammatory markers in Drosophila melanogaster and 3: to evaluate the repositioning of drugs in the treatment of type II DM.
metadata.dc.subject: Mosca da fruta
Síndrome metabólica
Hyperglycidic diet
Liquid diet
Neurodegenerative diseases
Fruit fly
Metabolic syndrome
Dieta hiperglicídica
Dieta líquida
Doenças neurodegenerativas
Drosophila melanogaster
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Uruguaiana
Curso: Mestrado Acadêmico em Bioquímica
metadata.dc.identifier.citation: GOULART, Aline da Silva. Avaliação dos efeitos de uma dieta rica em sacarose sobre os comportamentos associados a neurodegeneração em Drosophila melanogaster. 71 p. Dissertação (Mestrado em Bioquímica) – Universidade Federal do Pampa, Uruguaiana, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/5620
metadata.dc.date.issued: 2020
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Mestrado e Doutorado em Bioquímica

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
ALINE DA SILVA GOULART ATE JAN 2024.pdf
Restrito até 2024-12-31
1.59 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???