???jsp.display-item.identifier??? https://repositorio.unipampa.edu.br/jspui/handle/riu/508
Tipo: Dissertação
metadata.dc.title: Descrição de uma nova espécie de anfíbio (Tetrapoda Temnospondyli) para a formação Rio do Rasto (Permiano da Bacia do Paraná) e revisão do status filogenético de Archegosauroidea
Autor(es): Pacheco, Cristian Pereira
Primeiro Orientador: Silva, Sérgio Dias da
Resumo: Temnospondyli é um grupo bastante diversificado de tetrápodes basais que surgiu no início do carbonífero passando por grandes fases de radiação e extinção, com picos de diversidade no Permiano e no Triássico. Dentro desse grande grupo inclui-se Archegosauroidea, grupo abundante no Leste Europeu, com registro ainda escasso na América do Sul (até o momento, restritos ao Brasil). Esse grupo é dividido em duas famílias, Archegosauridae e Melosauridae. Até então, os registros indiscutíveis de arquegossauróides formalmente descritos para o Gondwana pertenciam à família Archegosauridae, a saber: Prionosuchus plummeri um platiopossauríneo encontrado no estado do Maranhão (Formação Pedra de Fogo) e Bageherpeton longignathus encontrado no Rio Grande do Sul na divisa entre Bagé e Aceguá (Formação Rio do Rasto). Neste trabalho apresenta-se a descrição e análise filogenética do espécie basal do gênero Konzhukovia (anteriormente exclusiva da Rússia) para o Permiano do Gondwana permite fazer novas considerações acerca de sua origem e irradiação, que tanto pode ter se dado na Laurasia com Konzhukovia sendo parte da primeira irradiação de arquegossauróides para o Gondwana ou mesmo Konzhukovia ter se originado no Gondwana e migrado para a Laurásia onde as espécies mais derivadas evoluíram. Além disso, o fato de Konzhukovia fazer parte de uma família basal a Stereospondyli reforça a hipótese de que estes se originaram e diversificaram no Oeste do Gondwana antes do fim do Permiano ao contrário do que sugere a hipótese de que os Stere ospondyli teriam ficado em um refúgio no Leste do Gondwana e teriam se diversificado após a grande extinção no final do Paleozóico.
Abstract: Temnospondyli is a very diverse group of basal tetrapods that appeared in the Early Carboniferous, going through major phases of radiation and extinction, with peaks of diversity during Permian and Triassic. It includes the Archegosauroidea, an abundant group in Eastern Europe with a few records from South America (so far restricted to Brazil). Achegosauroidea is divided into two families, Archegosauridae e Melosauridae. Until this contribution, unquestionable records of formally described archegosauroids from Gondwana belong to the Archegosauridae, as follows: The platyoposaurinae Prionosuchus plummeri from the Maranhão state (Pedra de Fogo Formation) and Bageherpeton longignathus from the Rio Grande do Sul state (Rio do Rasto Formation). This work presents the description and phylogenetic analysis of the first indubitable tryphosuchine outside Eastern Europe. The new material (UNIPAMPA PV 00137) consists in a partially complete skull collected in 2008 in the Posto Queimado locality (that also belongs to the Rio do Rasto Formation) from São Gabriel municipality, Rio Grande do Sul state. In the phylogenetic analysis presente Russia) in the Permian of Gondwana provide new insights about its radiation and dispersion, which may have happend on Laurasia with Konzhukovia being part of the first irradiation of archegosauroid to Gondwana or with konzhukovia originated on Gondwana and migrated to Laurasia, where the derivated species evolved. Besides, the fact that Konzhukovia belongs to a basal family to Stereospondyli reinforces the hypothesis that these ones are originated and diversificated in the West of Gondwana before the end of Permian. However, it is unlikely the hypothesis that the Stereospondyli may have stayed in a refuge in the East of Gondwana and may have diversificated after the great extinction in the end of Paleozoic period.
metadata.dc.subject: Stereospondylomorpha
Konzhukovia
Permiano
Formação Rio do Rasto
Permian
Rio do Rasto Formation
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Tipo de acesso: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br/jspui/handle/riu/508
metadata.dc.date.issued: 2015
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Mestrado e Doutorado em Ciências Biológicas

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
Descrição De Uma Nova Espécie De Anfíbio (Tetrapoda Temnospondyli) Para A Formação Rio Do Rasto (Permiano Da Bacia Do Paraná) E Revisão Do Status Filogenético De Archegosauroidea.pdf1.74 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.text3??? ???jsp.display-item.license??? Creative Commons