???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4482
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.full???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.dcfield??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.value??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.lang???
dc.contributor.advisor1Stefenon, Valdir Marcos-
dc.creatorDelabary, Barési Freitas-
dc.date.accessioned2019-09-02T12:09:44Z-
dc.date.available2010-08-20-
dc.date.available2019-09-02T12:09:44Z-
dc.date.issued2010-08-14-
dc.identifier.citationDALABARY, Barési Freitas. Perda da fauna de mamíferos silvestres por atropelamento no bioma pampa. 2010. 25 f. Trabalho de conclusão de curso (Curso de Ciências Biológicas Bacharelado). Universidade Federal do Pampa. Campus São Gabriel. São Gabriel. 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4482-
dc.description.abstractHighways are among the environmental changes that caused more intense impacts in natural landscapes in the XXth century. The result is a decrease in three levels of diversity – whitin a single specie; above species level; and the overall biodiversity. Mammals head the list of dead-on-road registers. This study aims to estimate the loss of the dead on road indigenous mammalian fauna in a highway of the Brazilian Pampa. The mammalian species dead-on-road between km 424 and 428 of the BR-290 highway, around five kilometers from the urban downtown of the São Gabriel municipality, Rio Grande do Sul State, were conducted between June, 2009 and February, 2010. The route was covered by bicycle, at a velocity of around 10 km/h, allowing a better visualization of small animals in the road and sideways. Overall, 120 dead-on-road animals were registered, belonging to 10 families and 12 genera. The most commonly dead-on-road species found were Cavia aperea, Conepatus chinga, Akodon sp., Eptesicus sp,. and Cerdocyon thous. The number of dead-on-road mammals can be considered high in comparison to other studies performed in Brazil. According to these data, two hypotheses can be pointed: that the observed species have enough ecological plasticity to live in altered ecosystems areas or that the changes in the vegetation were so fast that the populations did not yet reflect the alterations introduced by the agricultural monocultures in the region. Further studies about the populations living nearby the highway are needed, in order to estimate risks of local extinction and to deliberate mitigating actions.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pampapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMamíferospt_BR
dc.subjectAtropelamentospt_BR
dc.subjectVodoviapt_BR
dc.subjectBioma Pampapt_BR
dc.subjectMammalspt_BR
dc.subjectdead-on-roadpt_BR
dc.subjectHighwaypt_BR
dc.subjectPampa Biomept_BR
dc.titlePerda da fauna de mamíferos silvestres por atropelamento no bioma pampapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6868213051236665pt_BR
dc.contributor.referee1Hartmann, Paulo Afonso-
dc.contributor.referee2Silva, Sérgio Dias da-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3457632168727854pt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6881537282613738pt_BR
dc.publisher.initialsUNIPAMPApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpt_BR
dc.description.resumoAs estradas estão entre as alterações ambientais que causaram impactos mais extensos em paisagens naturais no século XX. O resultado é uma diminuição nos 3 níveis de diversidade – entre os organismos de uma mesma espécie, entre espécies e em todo o ecossistema. Este estudo tem como objetivo estimar a perda de fauna de mamíferos silvestres por atropelamento em uma rodovia do Pampa Brasileiro. De junho de 2009 a fevereiro de 2010 foi feito um levantamento das espécies de mamíferos mortos por atropelamento entre os km 424 e 428 da BR-290, distante cerca de cinco km do centro urbano do município de São Gabriel, Rio Grande do Sul. O trecho de amostragem foi percorrido com o uso de uma bicicleta, a uma velocidade aproximada de 10 quilômetros por hora, o que permitiu uma melhor visualização dos animais de pequeno porte na pista e acostamento. Ao todo foram registrados 120 mamíferos atropelados, distribuídos em 10 famílias e doze gêneros. As espécies mais encontradas atropeladas foram Cavia aperea, Conepatus chinga, Akodon sp., Eptesicus sp. e Cerdocyon thous. O número de mamíferos atropelados apresenta-se bastante elevado se comparado com outros estudos realizados no Brasil. De acordo com esses dados pode-se pensar em duas hipóteses: a de que as espécies encontradas tem uma plasticidade ecológica suficiente para viver em áreas alteradas ou que a mudança na vegetação foi tão rápida que as populações ainda não refletem as alterações causadas pelas monoculturas empregadas na região. São necessários estudos mais detalhados sobre as populações que vivem na matriz de entorno da rodovia a fim de estimar os riscos de extinção local e deliberar medidas mitigatórias.pt_BR
dc.publisher.departmentCampus São Gabrielpt_BR
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Ciências Biológicas - Bacharelado

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
Perda da fauna de mamíferos silvestres por atropelamento no bioma pampa.pdf1,03 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???