???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3373
Tipo: Dissertação
metadata.dc.title: Efeito da suplementação com extrato de chá verde sobre o dano muscular e dor muscular de início tardio
metadata.dc.title.alternative: Effect of green tea supplementation on muscle damage and muscle soreness
Autor(es): Silva, Willian da
Primeiro Orientador: Carpes, Felipe Pivetta
Coorientador: Souza, Mauren Assis de
Resumo: O extrato de chá verde possui potencial antioxidante e anti-inflamatório, que pode contribuir para recuperar o equilíbrio metabólico e estresse oxidativo pós-exercício intenso, colaborando assim para diminuir episódios de dor muscular de início tardio (DMIT). Neste estudo, buscamos determinar os efeitos da suplementação com extrato de chá verde sobre a DMIT, dano muscular e oxidativo e status antioxidante. Em um ensaio randomizado, triplo cego, placebo controle, 20 homens não treinados com idade média de 24 (±5) anos realizaram exercício para indução da DMIT no tríceps sural antes e depois de 15 dias de suplementação com extrato de chá verde (500 mg/dia) (GT, n=10) ou placebo (PL, n=10). A DMIT foi determinada pela escala visual analógica de dor (pré e pós-suplementação) antes, imediatamente após e 48 horas após o exercício. Amostras sanguíneas foram tomadas para determinar marcadores bioquímicos de dano muscular como creatina quinase (CK), lactato desidrogenase (LDH) e marcadores de estresse oxidativo como níveis de malondialdeido (TBARS), produção de espécies reativas de oxigênio (DCFH-DA), juntamente com a carbonilação de proteínas e status antioxidante como capacidade antioxidante total do plasma (FRAP) e atividade da glutationa (GSH) além da atividade da acetilcolinesterase (AChe). O exercício induziu DMIT e a suplementação com GT reduziu um marcador de dano estrutural (CK), mas não atenuou a DMIT e marcadores de estresse oxidativo e status antioxidante. Este efeito protetivo ao dano estrutural interessa especialmente ao uso desta suplementação como possível fator adjunto para a prevenção de dano muscular e auxílio na recuperação de esforços intensos.
Abstract: Green tea extracts supplementation (GT) is recognized as a source of antioxidants and anti-inflammatory substances that may contribute to the recovery after intense exercise when muscle soreness (MS) occurs. In this study we determine the effects of GT on MS, muscle damage, oxidative stress and antioxidant status. Here we present a randomized trial triple blind placebo control including 20 adults aged 25 (5) years and physically active that underwent sessions exercise for induction of muscle damage in the triceps sural before and after 15 days of supplementation with GT at dose of 500 mg/day (GT, n=10) or placebo (PL, n=10). MS was determined using a visual analogic scale. Blood samples were collected to determination of biochemical markers of damage considering activity of creatine kinase (CK) and lactate dehydrogenase (LDH), oxidative stress considering levels of malondialdehyde (TBARS), reactive species of oxygen (DCFH), protein carbonylation, and antioxidant status considering total antioxidant capacity (FRAP), glutathione activity (GSH), and acetylcholinesterase (AChE) activity. Exercise induced MS and GT reduces a marker of structural muscle damage without effects on oxidative stress and antioxidant status. This protective effect may be support the use of this supplementation as a possible correlate strategy to prevent muscle damage and therefore contribute to the recovery of intense exercise.
metadata.dc.subject: Estresse oxidativo
Exercício excêntrico
Antioxidante
Lesão muscular
Treinamento
Fadiga
Tríceps sural
Oxidative stress
Eccentric exercise
Antioxidants
Muscle injury
Training
Fatigue
Triceps sural
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Uruguaiana
Curso: Mestrado Acadêmico em Bioquímica
metadata.dc.identifier.citation: SILVA, Willian da. Efeito da suplementação com extrato de chá verde sobre o dano muscular e dor muscular de início tardio. 76 p. Dissertação (Mestrado em Bioquímica) – Universidade Federal do Pampa, Campus Uruguaiana, Uruguaiana, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3373
metadata.dc.date.issued: 2017
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Mestrado e Doutorado em Bioquímica

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
WILLIAN DA SILVA.pdf1,45 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???