???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2886
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.title: Comportamento de bovinos leiteiros em sala de ordenha
Autor(es): Simões, Thais Cardoso
Primeiro Orientador: Schwengber, Eduardo Brum
1° Membro da banca: Schwengber, Eduardo Brum
2° Membro da banca: Leite, Tisa Echevarria
3° Membro da banca: Martins, Anelise Afonso
Resumo: O comportamento é um aspecto do fenótipo do animal influenciado por fatores ambientais, alimentação, sistema de produção adotado e fatores genéticos. Sendo o estudo do comportamento animal determinante para indicar o que é adequado aos animais em sistemas de criação, este conhecimento permite aprimorar as técnicas de manejo, contribuindo para reduzir o estresse frente às práticas rotineiras nas fazendas, já que quando os animais estão com medo, expõem um comportamento aversivo, sendo muitas vezes mais difícil de lidar. A observação das variações comportamentais dos animais é uma forma de se avaliar o bem-estar, e como alguns exemplos de ausência deste podem ser citados a ocorrência de mastite, baixo escore corporal, alta carga parasitária, presença de altos níveis de cortisol plasmático no sangue, níveis de serotonina alterados, maior quantidade de leite residual, atitudes reativas durante a ordenha e ausência de ruminação, entre outros. Pode-se considerar o conforto da vaca um dos fatores mais influentes para o aumento da produção. Muitas vezes alterações comportamentais representam a única indicação de que o estresse está presente, e o alto nível de medo resulta em estresse agudo ou crônico. O retireiro muitas vezes é o principal causador de desconforto no momento da ordenha, manejando os animais de maneira aversiva, resultando em distúrbios na ejeção, maior defecação e micção na sala de ordenha, reatividade por parte dos animais dificultando a ordenha e uma menor taxa de ruminação que é fortemente influenciada por medo e um indicador de bem-estar. O clima e a temperatura também são fatores que influenciam o conforto dos animais a serem ordenhados, sendo indispensável manter o conforto térmico, para manter-se a produção de leite de forma satisfatória. O objetivo desta revisão é evidenciar os fatores que influenciam o comportamento de bovinos leiteiros e seus efeitos sobre o bem-estar em sala de ordenha.
Abstract: Behavior is an aspect of the phenotype of the animal influenced by environmental factors, food production system adopted and genetic factors. As the study of animal behavior determinant to indicate what is appropriate to animals in farming systems, this knowledge allows you to improve management techniques, helping to reduce stress in the face of routine practices on farms, as when animals are fearful, exhibit aversive behavior, and often more difficult to handle. The observation of behavioral changes of animals is a way of assessing the well-being, as some examples of absence, may be cited mastitis, low body score, high parasite load, the presence of high plasma cortisol levels in the blood , altered serotonin levels, the amount of residual milk, reactive attitudes during milking and absence of rumination, among others. It can be considered cow comfort one of the most influential factors for the increased production. Often behavioral changes represent the only indication that stress is present, the high level of fear results in acute or chronic stress. The retireiro is often the main cause of discomfort during milking, handling animals so aversive, resulting in disturbances in the ejection greater defecation and urination in the milking parlor, reactivity by animals hindering milking, and a lower rate rumination that is strongly influenced by fear and an indicator of well-being. The climate and temperature are also factors that influence the comfort of the animals to be milked, being essential to maintain thermal comfort, to keep milk production satisfactorily. The aim of this review is to highlight the factors that influence the behavior of dairy cattle, and their effects on well-being.
metadata.dc.subject: Bem estar animal
Estresse
Manejo
Ordenhador
Welfare
Stress
Management
Milker
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Dom Pedrito
metadata.dc.identifier.citation: SIMÕES, Thais Cardoso. Comportamento de bovinos leiteiros em sala de ordenha. 2013. 37 f. Trabalho de Conclusão (Graduação) – Curso de Bacharelado em Zootecnia, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito,RS.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2886
metadata.dc.date.issued: 14-Oct-2013
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Zootecnia

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
THAÍS CARDOSO SIMÕES.pdfTHAÍS CARDOSO SIMÕES 2013351,42 kBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???