???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4717
Tipo: Dissertação
metadata.dc.title: A citotoxicidade do Cloreto de Cobalto (CoCl2) em células leucêmicas é célula dependente: estudo dos mecanismos envolvidos neste processo
Autor(es): Torres , Bruna
Primeiro Orientador: Cañedo , Andrés Delgado
1° Membro da banca: Filgueira, Daza de Moraes Vaz Batista
2° Membro da banca: Votto, Ana Paula de Souza
3° Membro da banca: Posser, Thais
Resumo: Cobalto é um metal de transição essencial para a saúde humana e possui papel crítico na síntese de vitamina B12. Historicamente, cobalto inorgânico foi utilizado no tratamento de pacientes anêmicos e na doença renal crônica e, após, foi usado para mimetizar hipóxia, associando seus efeitos com a ativação do fator induzível por hipóxia (HIF-1α). Mais tarde, CoCl2 atraiu a atenção em pesquisa com células neoplásicas por causa de seu potencial antiproliferativo, que pode envolver mecanismos independentes de HIF-1α, ainda pouco entendidos. Neste estudo, nós avaliamos o efeito antiproliferativo do CoCl2 em linhagens de células leucêmicas (JURKAT, U937, K562) e os mecanismos envolvidos neste processo. Para verificar o possível efeito antiproliferativo do CoCl2 em células neoplásicas, nós analisamos a viabilidade e ciclo celular através de citometria de fluxo utilizando como sonda Iodeto de Propídio e para confirmar apoptose utilizamos também YO-PRO-1 para realizar teste pela diferença de permeabilidade de membrana/célula morta. Os níveis de ERO foram detectados através da oxidação da sonda DCFH-DA e os níveis do fator de transcrição NF-kB e a sua possível ativação foram detectados através de Western Blot nas frações nuclear e citoplasmática, sendo que os níveis de β-actina foram utilizados como controle. As três linhagens demonstraram aumento nos níveis de ERO e parada na fase G2 do ciclo celular quando submetidas ao tratamento com CoCl2. Somente JURKAT e U937 demonstraram apoptose e tiveram diminuição significativa na expressão de NF-kB em 24 h de tratamento. Diferentemente, a linhagem K562 manteve os níveis de NF-kB. Nossos dados sugerem que a indução de morte por CoCl2 pode ser relacionada a resposta imediata do sistema antiestressor ao CoCl2 e a manutenção da expressão de NF-kB.
Abstract: Cobalt is a transition metal essential for human health that plays a critical role in the synthesis of vitamin B12. Historically, inorganic cobalt was used in the treatment of anemia and chronic renal failure and, afterwards, to mimic hypoxia, associating its effects with the activation of HIF-1α. Lately, CoCl2 attracted attention in cancer research because of its antiproliferative potential, which may involve HIF-1αindependent mechanisms, still poorly understood. In this study, we evaluated the antiproliferative effect of CoCl2 in leukemic cells lineages (JURKAT, U937 and K562) and the mechanisms involved in this process. To test the possible antiproliferative effect of CoCl2 in neoplastic cells, we analyzed the viability and cell cycle by flow cytometry using as probe Propidium Iodide and to confirm apoptosis use YO-PRO-1 more Propidium Iodide to perform testing by the difference in membrane permeability/dead cell. ROS levels were detected by probe DCFH-DA oxidation and the levels of the transcription factor NF-kB and its possible activation were detected by Western Blot in nuclear and cytoplasmic fractions, the levels of β-actin was used as control. The three lineages showed increased levels of ROS and cell cycle arrest in G2 phase when subjected to treatment with CoCl2. Only JURKAT e U937 undergone apoptosis and showed significant decreases in NF-kB expression after 24h of CoCl2 treatment. Differentially, K562 cells maintained NF-kB levels. Our data suggest that CoCl2 induces cell death may be related to a balance between stress responses and maintenance of NF-kB expression.
metadata.dc.subject: CoCl2
Células neoplásicas
Potencial antiproliferativo
NF-kB
Neoplastic cells
Potential antiproliferative
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus São Gabriel
Curso: Mestrado Acadêmico em Ciências Biológicas
metadata.dc.identifier.citation: TORRES, Bruna. A citotoxicidade do Cloreto de Cobalto (CoCl2) em células leucêmicas é célula dependente: estudo dos mecanismos envolvidos neste processo. 2015. 55 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pampa. Campus São Gabriel, São Gabriel, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4717
metadata.dc.date.issued: 18-Nov-2015
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Mestrado e Doutorado em Ciências Biológicas

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
A citotoxicidade do Cloreto de Cobalto (CoCl2) em células leucêmicas é célula dependente estudo dos mecanismos envolvidos neste processo.pdf1,8 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???