???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4247
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.title: Gestão do controle parasitário no rebanho ovino no Município de Dom Pedrito/RS
Autor(es): Kleinhans, Jerônimo Terra
Primeiro Orientador: Nunes, Osmar Manoel
Coorientador: Martins, Anelise Afonso
1° Membro da banca: Nunes, Osmar Manoel
2° Membro da banca: Ávila, Mariana Rockenbach de
3° Membro da banca: Martins, Anelise Afonso
Resumo: A ovinocultura é uma atividade desenvolvida em sistemas intensivos e extensivos. Seu estabelecimento como exploração econômica começou no século XX, com a valorização da lã no mercado. Até a década de 1970 a ovinocultura tinha como foco a produção de lã, mas atualmente a carne tornouse o principal produto da produção ovina. No entanto, existem muitas dificuldades enfrentadas pelos produtores para a comercialização da carne, como a busca dos frigoríficos por animais jovens para o abate. Na região de Dom Pedrito/RS, a verminose gastrintestinal é um dos maiores problemas sanitários da cadeia produtiva ovina, pois acarreta em sérios danos econômicos e perda de produtividade. Assim, o objeto deste trabalho foi avaliar a gestão do controle parasitário na criação de ovinos em propriedades rurais no município. Para isto, foram selecionadas doze propriedades, divididas em seis propriedades que realizam o método tradicional de produção (não realizam exames de diagnóstico) e foram denominadas como grupo 1 e seis propriedades que realizam o controle parasitário (executam exames de diagnóstico) e denominadas como grupo 2. A pesquisa foi desenvolvida a partir de aplicação de questionário semiestruturado contendo questões mistas (abertas e fechadas) relativas às características das propriedades, ao controle parasitário, a gestão do controle parasitário e a análise de custos. Os dados demonstraram que as propriedades apresentaram estruturas semelhantes com relação às características de produção. Quanto ao uso dos anti-helmínticos, as propriedades do grupo 1 tiveram um custo estimado de R$ 2120,44/ano. Enquanto que, para o grupo 2 o custo foi de R$ 1310,82/ano. A perda anual de ovinos foi de 118 cabeças no grupo 1 e de 17 cabeças no grupo 2, gerando um prejuízo aproximado de R$ 17700,00 no grupo 1 e de R$ 2550,00 no grupo 2. A maioria das propriedades não realizava processos básicos de gestão no controle parasitário da propriedade, o que evidencia a necessidade de mais estudos como este, que possam colaborar para que os produtores tenham um maior conhecimento na forma de realizar a gestão do controle parasitário, propiciando maiores lucros e menores despesas durante o processo produtivo.
Abstract: The sheep farming is an activity developed in intensive and extensive systems. Its establishment as economic exploitation began in the twentieth century, with the valorization of wool in the market. Until the 1970s Until the 1970s, sheep farming had focused on wool production, but today meat has become the main product of sheep production. However, there are many difficulties faced by producers for the marketing of meat, such as the search of slaughterhouses for young animals for slaughter. In the region of Dom Pedrito/RS, gastrointestinal verminosis is one of the major sanitary problems in the sheep production chain, as it causes serious economic damages and loss of productivity. Thus, the objective of this work was to evaluate the management of parasitic control in the rearing of sheep on rural properties in the municipality. For this, twelve properties were selected, divided into six properties that perform the traditional method of production (do not perform diagnostic tests) and were denominated as group 1 and six properties that perform the parasitic control (perform diagnostic tests) and denominated as group 2. The research was developed through the application of a semi-structured questionnaire containing mixed questions (open and closed) regarding the Properties characteristics, parasitic control, parasitic control management and cost analysis. The data demonstrated that the properties presented similar structures with respect to the production characteristics. Regarding the use of anthelmintics, the properties of group 1 had an estimated cost of R$ 2120.44/year. For group 2, the cost was R$ 1310.82/year. The annual loss of sheep was 118 heads in group 1 and 17 heads in group 2, generating an approximate loss of R $ 17700,00 in group 1 and R $ 2550,00 in group 2. Most of the properties did not perform basic management processes in the parasitic control of the property, which evidences the need for more studies like this, that can collaborate so that the producers have a greater knowledge in the way to carry out the management of parasitic control, providing greater Profits and lower expenses during the production process.
metadata.dc.subject: Ovinos
Gestão do controle parasitário
Análise de custos
Sheep
Parasitic control management
Cost analysis
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Dom Pedrito
metadata.dc.identifier.citation: KLEINHANS, Jerônimo Terra. Gestão do controle parasitário no rebanho ovino no Município de Dom Pedrito/RS. 2017 70f. Trabalho de Conclusão (Graduação) – Curso de Tecnologia em Agronegócio, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito, RS.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4247
metadata.dc.date.issued: 26-Jun-2017
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Tecnologia em Agronegócio

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
JERÔNIMO TERRA KLEINHANS .pdfERÔNIMO TERRA KLEINHANS 2017884,34 kBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???