Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3952
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Uso das tecnologias da informação e comunicação para fins pessoais no ambiente de trabalho: um estudo comparativo a partir de diferentes posicionamentos organizacionais em relação à utilização dessas tecnologias
Other Titles: Use of information and communication technologies for personal purposes in the workplace: a comparative study based on different organizational positions regarding the use of these technologies
metadata.dc.creator: Cezar, Bibiana Giudice da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Corso, Kathiane Benedetti
metadata.dc.contributor.referee1: Cassanego Junior, Paulo Vanderlei
metadata.dc.contributor.referee2: Albano, Claudio Sonaglio
metadata.dc.contributor.referee3: Behr, Ariel
metadata.dc.description.resumo: Tendo em vista o uso das TICs para fins pessoais no ambiente de trabalho, fenômeno cujo indivíduos aproveitam-se do acesso a essas tecnologias durante o expediente para engajar-se em atividades particulares não relacionadas a finalidades laborais, as organizações contemporâneas têm se posicionado, de maneira permissiva ou restritiva, em relação a essas questões, pondo em prática diferentes estratégias e medidas de controle. Nesse sentido, a presente pesquisa teve como objetivo geral comparar a manifestação do uso das tecnologias da informação e comunicação para fins pessoais no ambiente de trabalho entre organizações que se diferenciam por seus posicionamentos em relação a esse tipo de utilização durante o expediente. Para alcançar tal objetivo, desenvolveu-se um estudo descritivo, de abordagem qualitativa a partir do método comparativo. Após triagem para escolha das empresas participantes, adotou-se cinco organizações do setor de TIC situadas no Rio Grande do Sul que possuem 10 colaboradores ou mais. Três organizações caracterizadas por seu posicionamento permissivo de uso das TICs para fins pessoais no ambiente de trabalho e duas por seu posicionamento restritivo. A coleta de dados ocorreu por meio de observação direta e entrevistas a partir de um roteiro semiestruturado elaborado pela autora com base no referencial teórico acrescido da técnica projetiva percepção temática. Em cada empresa analisada foram delimitados como unidades de análise para participar das entrevistas um gestor e três colaboradores, totalizando 20 entrevistados. Para a análise dos dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. Os resultados revelaram que nas empresas permissivas, a internet corporativa demonstrou ser utilizada pela maioria dos entrevistados para fins pessoais no ambiente de trabalho, enquanto nas restritivas, tendo em vista o controle da organização sobre a sua rede de internet, os entrevistados demonstraram fazer uso de um plano particular de internet móvel em seus smartphones, como alternativa. Verificou-se que atividades informacionais manifestaram-se mais vezes por indivíduos de empresas restritivas ao passo que a atividade social acessar redes sociais virtuais foi mais citada por entrevistados de empresas permissivas. Dentre os potenciais antecedentes do uso das TICs para fins pessoais no ambiente de trabalho, foram citados na presente pesquisa o ambiente de trabalho tecnológico, o uso excessivo ou problemático das TICs e o hábito de maneira semelhante em empresas permissivas e empresas restritivas. Os antecedentes normas subjetivas e fatores sociais e a percepção positiva acerca do comportamento manifestaram-se em ambos os posicionamentos, porém, com pequenas diferenças e o antecedente condições ambientais facilitadoras manifestou-se somente em empresas restritivas. O consequente negativo perdas em produtividade e eficiência e os consequentes positivos restabelecimento em situações de fadiga e estresse e o equilíbrio entre as esferas pessoal e profissional manifestaram-se de maneira semelhante nas empresas analisadas independentemente de seus posicionamentos. Nesse sentido, entende-se que enquanto as diferenças encontradas são oriundas das particularidades de cada posicionamento e de suas respectivas estratégias e medidas de controle, as semelhanças podem ter explicações de ordem comportamental, uma vez que foram manifestadas por indivíduos que vivenciam contextos organizacionais divergentes e também pelo fato de existir nas duas empresas restritivas analisadas a possibilidade de burlar o posicionamento e medidas de controle.
Abstract: Considering that the personal use of ICTs in the workplace is a phenomenon whose individuals take advantage of their access to these technologies during work hours to engage in personal activities not related to work purposes, contemporary organizations have been positioned, in a permissive or restrictive way, in relation to these issues by putting into practice different strategies and control measures. Accordingly, the present research had as general objective to compare the manifestation of the personal use of information and communication technologies in the workplace between organizations that differ by their positioning in relation to this type of use during office hour. To reach this objective, a descriptive study was developed, with a qualitative approach based on the comparative method. After screening for the choice of the participating companies, five ICT sector organizations based in Rio Grande do Sul, with 10 employees or more, were adopted. Three organizations characterized by their permissive positioning of the use of the TICs for personal ends in the work environment and two by their restrictive positioning. The data collection took place through direct observation and interviews from a semi - structured script elaborated by the author based on the theoretical reference plus the projective technique thematic perception. In each company analyzed, a manager and three employees were assigned as analysis units to participate in the interviews, totaling 20 interviewees. The content analysis technique was used to analyze the data. The results showed that in the permissive companies, the corporative Internet was shown to be used by the majority of the interviewees for personal purposes in the work environment, while in the restrictive ones, in order to control the organization over their internet network, interviewees demonstrated to use a particular plan of mobile internet, as an alternative. It was verified that informational activities were manifested more often by individuals from restrictive companies, whereas social activity accessing virtual social networks was more frequently cited by interviewees of permissive companies. Among the potential antecedents of the use of ICTs for personal purposes in the work environment, the technological work environment, the excessive or problematic use of ICTs and the habit were cited in permissive companies and restrictive companies similarly. The antecedent subjective norms and social factors and the positive perception about the behavior manifested in both positions, however, with small differences and the antecedent facilitating environmental conditions manifested only in restrictive companies. The consequent negative losses in productivity and efficiency and the consequent positive recovery in situations of fatigue and stress and the balance between the personal and professional spheres manifested themselves in a similar way in the companies analyzed independently of their positions. In this sense, it is understood that while the differences found arise from the particularities of the positioning and their respective strategies and control measures, the similarities may have explanations of behavioral order, since they were manifested by individuals who experience divergent organizational contexts and also because of the existence in the two restrictive companies analyzed of the possibility of circumventing the positioning and control measures.
Keywords: TICs
Ambiente de trabalho
Tipos de práticas
Antecedentes
Consequentes
Posicionamento permissivo
Posicionamento restritivo
ICTs
Workplace
Types of practices
Antecedents
Consequences
Permissive positioning
Restrictive positioning;
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Santana do Livramento
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Acadêmico em Administração
Citation: CEZAR, Bibiana Giudice da Silva. Uso das tecnologias da informação e comunicação para fins pessoais no ambiente de trabalho: um estudo comparativo a partir de diferentes posicionamentos organizacionais em relação à utilização dessas tecnologias. Dissertação apresentada ao Mestrado Acadêmico em Administração. Santana do Livramento: Unipampa, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3952
Issue Date: 12-Apr-2019
Appears in Collections:Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bibiana Giudice da Silva Cezar - 2019.pdf13,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.