Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1077
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Energia eólica e hidrelétrica na matriz elétrica brasileira: análise sob a ótica da economia ecológica
metadata.dc.creator: Pacheco, Rodrigo Chaves
metadata.dc.contributor.advisor1: Roncato, Patricia Eveline dos Santos
metadata.dc.description.resumo: A busca pelo desenvolvimento é inerente ao ser humano e consequentemente às nações. Entretanto, o próprio conceito de desenvolvimento tem sofrido alterações ao longo da história, salientando-se que um fator determinante para o processo de desenvolvimento é a utilização da energia elétrica. Essa energia hoje tão importante para nossas vidas não está disponível na natureza na sua forma utilizável e para a obtenção dessa energia, é preciso um processo de transformação. E nesse contexto surge a necessidade de geração de energia elétrica através do uso de energias alternativas, como a utilização hídrica e eólica na geração de eletricidade. Sendo assim, o presente estudo teve a finalidade de avaliar a participação do uso de energia eólica e hidrelétrica na matriz elétrica brasileira, considerando os aspectos pertinentes ao desenvolvimento sustentável sob a ótica da economia ecológica. Para a elaboração do trabalho, foi utilizado uma pesquisa bibliográfica e documental com documentos oficiais de instituições reguladoras, livros e artigos relacionados ao tema. Desta forma, os resultados obtidos foram ao encontro dos objetivos propostos, sendo que a utilização hídrica como fonte geradora de energia sempre comporá a matriz elétrica brasileira, visto o grande potencial hídrico brasileiro. Já a utilização de energia eólica é algo muito recente, entretanto, estudos mostram que a médio e longo prazo a utilização desta fonte será de extrema importância, como energia complementar na matriz elétrica brasileira, levando em conta a preocupação com os recursos naturais da economia do país.
Abstract: The search for development is inherent to the human being and consequently to the nations. However, the very concept of development has undergone changes throughout history, emphasizing that a determining factor for the development process is the use of electric energy. This energy so important to our lives today is not available in nature in its usable form, and in order to obtain this energy, a process of transformation is necessary. And in this context, the need to generate electricity through the use of alternative energies, such as the use of hydro and wind in the generation of electricity, arises. Therefore, the present study had the purpose of evaluating the participation of the use of wind and hydroelectric power in the Brazilian electrical matrix, considering the pertinent aspects to the sustainable development from the point of view of the ecological economy. For the elaboration of the work, a bibliographical and documentary research was used with official documents of regulatory institutions, books and articles related to the subject. In this way, the results obtained were in accordance with the proposed objectives, and the water use as an energy source will always be the Brazilian electrical matrix, considering the great Brazilian water potential. The use of wind energy is very recent, however, studies show that in the medium and long term the use of this source will be of extreme importance as complementary energy in the Brazilian electricity matrix, taking into account the concern with the natural resources of the country's.
Keywords: Sustainable development
Economy: Brazil
Ecological economics
Electrical matrix
Wind energy
Publisher: Universidade Federal do Pampa
Citation: PACHECO, Rodrigo Chaves. Energia eólica e hidrelétrica na matriz elétrica brasileira: análise sob a ótica da economia ecológica. Santana do Livramento: Unipampa, 2016.
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1077
Issue Date: 2016
Appears in Collections:Ciências Econômicas



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons