Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/776
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Das ameaças securitizadas: o caso da Wikileaks
metadata.dc.creator: Oliveira, Caio Augusto Guimarães de
metadata.dc.contributor.advisor1: Costa, Renato José da
metadata.dc.description.resumo: Mundialmente conhecida desde 2010, a Wikileaks realizou diversos vazamentos de documentos confidenciais de Estados e empresas desde sua criação, em 2006, por Julian Assange. Esses vazamentos geraram repercussões que possuem potencial desestabilizador, de modo, a até mesmo, poder gerar mudanças no Sistema Internacional. Utilizando a teoria da Securitização, cunhada dentro do campo da Segurança Internacional, buscaremos analisar se a Wikileaks teve sua atuação comprometida. Desse modo, nosso problema de pesquisa é: se ao realizar a divulgação de documentos confidenciais dos Estados, a Wikileaks se apresenta como um ator capaz de criar instabilidade no Sistema Internacional, e estaria, assim, suscetível à securitização? Nosso argumento é que essa instabilidade social seria causada devido as mudanças sociais geradas pela atuação da organização. O objetivo geral do presente trabalho é entender como a Wikileaks, ao gerar mudanças no Sistema Internacional, ficou suscetível a sofrer um processo de securitização por atores desejosos em manter o status quo. Desse modo, o trabalho se configura em um estudo de caso do possível processo de securitização sofrido pela Wikileaks
Abstract: Globally known since 2010, Wikileaks exposed multiple secret documents of States and companies since its establishment, in 2006, by Julian Assange. These leaks had repercussions with the potential to, in a way, destabilize, an even promote changes in the International System. Using the Securitization theory, conceived within the field of International Security, we are going to analyze if Wikileaks had its performance compromised. Hence, our research problem is: if by leaking secret documents of States, Wikileaks presented itself as an actor capable of creating instability in the International System, and would be, consequently, susceptible to securitization? Our argument is that this social instability would be caused by social changes promoted by the acts of the organization. The overall goal of the present paper is to understand how Wikileaks, by creating changes in the International System, became susceptible to be subject to a process of securitization by actors willingly interested in preserving status quo. Thus, the paper is a case study of the possible process of securitization undergone by Wikileaks
Keywords: Relações internacionais
Segurança internacional
Informações sigilosas
International relations
United States of America
International security
Free access to information
Classified information
Acesso livre à informação
Estados Unidos da América
Publisher: Universidade Federal do Pampa
Citation: OLIVEIRA, Caio Augusto Guimarães de. Das ameaças securitizadas: o caso da Wikileaks. Santana do Livramento: Unipampa, 2016.
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/776
Issue Date: 2016
Appears in Collections:Relações Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Oliveira, Caio Augusto Guimarães de. Das ameaças securitizadas o caso da Wikileaks.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons