Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/687
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Sexualidade na escola: estratégias do projeto saúde e prevenção nas escolas em Uruguaiana/RS
Sexuality in school: health and prevention project strategies in schools in Uruguaiana/RS
metadata.dc.creator: Soares, Cristiane Barbosa
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Fabiane Ferreira da
Abstract: Neste trabalho investigo os discursos do projeto Saúde e Prevenção nas Escolas de Uruguaiana/RS ao abordar a temática sexualidade, através de narrativas de professoras/es multiplicadoras/es. A pesquisa foi orientada pelas teorias dos Estudos Culturais, nas suas vertentes pós-estruturalistas. Neste estudo entendo sexualidade como uma construção social, cultural, histórica e discursiva em meio a relações de poder. Metodologicamente o estudo está ancorado nos pressupostos de Jorge Larrosa e de Michael Connelly e Jean Clandinin. Orientado por esses autores, entendo narrativa como uma metodologia investigativa e uma prática que constitui os sujeitos. Utilizei como estratégia de produção de dados a entrevistas individuais semiestruturadas realizadas com oito professoras/es multiplicadoras/es do projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, do município de Uruguaiana. Desta forma, através de suas narrativas, procurei conhecer as motivações para a escolha de participação no projeto, de que modo/como entendiam sexualidade, que tipo de capacitação o programa oferece para as/os professoras/es multiplicadoras/es, sua trajetória no projeto, suas ações na escola como multiplicadoras/es, a importância do programa para as escolas e alunas/os e como percebiam a importância do projeto de acordo com seus entendimentos sobre sexualidade. Para as análises das entrevistas estabeleci conexões com vertentes pós-estruturalistas, o que permitiu perceber que sexualidade ainda é entendida como algo privado, anônimo, cercado por um tabu social produzido culturalmente. Essas percepções, me remeteram a compreender que ao discutir, problematizar, refletir questões relacionadas a essa temática nas práticas escolares acabam reafirmando discursos hegemônicos sobre sexualidade. Ao mesmo tempo, que a escola legitima o determinismo biológico em seus discursos, as/os professoras/es multiplicadoras/es, interpeladas/os pelas abordagens do projeto, sinalizam a emergência de outras compreensões de/sobre sexualidade a fim de valorizar a diversidade sexual e combater o preconceito. Outro aspecto evidenciado refere-se à importância do projeto nas escolas do município de Uruguaiana como um mecanismo educativo que conduz comportamentos a serem seguidos pela população, o que me faz pensar o projeto como uma estratégia regulamentadora da população. Analisar as narrativas produzidas pelas entrevistas, me possibilitou compreender que a temática sexualidade é atravessada por múltiplos processos que implicam na sua abordagem dentro da instituição escolar e que, consequentemente, refletem no currículo disciplinar.
In this work we investigate the discourse of the project Health and Prevention in Schools Uruguaiana/RS to address the sexuality issue, through narratives of multiplier teachers. The research was guided by theories of Cultural Studies, in its post-structuralist strands. In this study, I understand sexuality as a social, cultural, historical and discursive construction amidst power relations. Methodologically the study is anchored on the assumptions of Jorge Larrosa and Michael Connelly and Jean Clandinin. Guided by these authors, I understand narrative as a research methodology and a practice that constitute subject the. I Utilized strategy the production the as data collection semi-structured interviews by eight teachers project of Health and Prevention in Schools project, on the municipality of Uruguaiana. Thus, through their narratives, I sought to know the reasons for choosing to participate in the project, how to understand sexuality, what kind of training the program provides for the teachers, the project, its trajectory in the project their actions in school, the importance of the program for schools and students / them and how they perceived the importance of the project according to their understandings of sexuality. For the analyzes of the interviews established connections with post-structuralist strands, enabling realize that sexuality is still perceived as something private, anonymous, surrounded by a social taboo culturally produced. These perceptions, sent me to understand that when discussing, questioning, reflecting the thematic issues related school practices end up reaffirming hegemonic discourses on sexuality. At the same time, that legitimizes school biological determinism in his speeches, the teachers, peer es, challenged / by the design approaches, signal the emergence of other understandings of about sexuality in order to enhance sexual diversity and combat prejudice. Another aspect is evidenced the importance of design in schools from Uruguaiana as an educational mechanism behavior to be followed by the population, which makes me think of the project as a regulatory strategy of the population. Analyze the narratives produced by interviews enabled me to understand that the theme sexuality is crossed by multiple processes involving in its approach within the school institution and therefore reflect the disciplinary curriculum's.
Keywords: Sexualidade
Escolas
Narrativa
Sexuality
School
Narratives
Education
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/687
Issue Date: 23-Aug-2014
Appears in Collections:Licenciatura em Ciências da Natureza

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CRISTIANE BARBOSA SOARES.pdf834,18 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons