Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/674
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Construção de um gene repórter de membrana usando sequência do tipo strep-tag
metadata.dc.creator: Tapia, Jéssica Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Delgado Cañedo, Andrés
metadata.dc.description.resumo: A transferência gênica é uma ferramenta biotecnológica amplamente utilizada em estudos de biologia celular e molecular. A metodologia se baseia na introdução de genes exógenos em células alvo, usando como mediadores vetores que carregam este material genético. Devido ao fato de que a eficiência de transformação celular não atinge a totalidade das células, é necessário que as células transformadas sejam separadas daquelas não transformadas, utilizando como base suas características físicas, químicas ou biológicas. Na atualidade, dois mecanismos são utilizados para a realização de tais processos, sendo um deles a seleção por antibióticos. No entanto, este procedimento é demorado, dificultando o uso da metodologia como técnica de seleção acessível. A outra metodologia está baseada no uso de genes repórteres fluorescentes e posterior isolamento das células pela técnica de sorting utilizando citometria de fluxo. Porém, nem todos os laboratórios dispõem deste equipamento, devido seu elevado custo. O gene repórter desenvolvido no presente trabalho, batizado pelo nosso grupo como L7, codifica uma proteína quimérica formada por um domínio de transmembrana e um domínio extracelular de nove aminoácidos que tem alta afinidade pela streptavidina. O gene assim formado tem um tamanho aproximado de 300 pb que fornece a este gene um amplo potencial de uso em experimentos de transferência gênica.
Abstract: Gene transfer is a biotechnological tool widely used in cell and molecular biology studies. This methodology is based on the introduction of exogenous genes into target cells, using vectors carrying this genetic material as mediators. Because cellular transformation does not reach all the cells, it is necessary to separate the transformed cells from those not transformed, using their physical, chemical or biological characteristics. Currently, two mechanisms are used to carry out such processes, one of them is the selection by antibiotics resitance. However, this procedure is time consuming, difficult to use the methodology as affordable selection of technics. The other method is based on the use of fluorescent reporter genes and subsequent isolation by cells sorting technique using flow cytometry. However, not all laboratories have this equipment, due to its high cost. The reporter gene developed in the present work, named as L7, encodes a chimeric protein formed by a protein transmembrane domain and a nine amino acid extracellular domain with high affinity for streptavidin. The gene thus formed has an approximate size of 300 pb providing a large potential for use in gene transfer experiments.
Keywords: Streptavidina
Gene
Oligonucleotídeos
Biologia sintética
Streptavidin
Oligonucleotide
Synthetic biology
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.department: Campus São Gabriel
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/674
Issue Date: 22-Jan-2015
Appears in Collections:Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Construção de um gene repórter de membrana usando sequência do tipo strep-tag.pdf587,13 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons