???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/5293
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.title: Reconstrução paleogeográfica com o uso da estratigrafia de sequências: aplicação nas formações Sanga do Cabral e Santa Maria (Triássico da Bacia do Paraná) na região de São Pedro do Sul, RS
Autor(es): Sauer, Robert
Primeiro Orientador: Clemente, Igor Magalhães
Resumo: As formações Sanga do Cabral e Santa Maria compreendem o pacote triássico da Bacia do Paraná, com ocorrência restrita ao estado do Rio Grande do Sul. A Formação Sanga do Cabral ocorre na região da depressão central e oeste do estado, e a Formação Santa Maria ocorre apenas na depressão central. Estas duas formações correspondem à sequências de segunda ordem, sendo denominadas Supersequência Sanga do Cabral e Supersequência Santa Maria. A Supersequência Santa Maria é subdividida em três sequências de terceira ordem: Santa Maria I, Santa Maria II e Santa Maria III. A proposta deste trabalho é aplicar a estratigrafia de sequências em alta resolução nas formações citadas, considerando fatores não-marinhos na sedimentação. Essa proposta leva em conta as variações no nível de base estratigráfico, controladas por mudanças climáticas e tectônicas. Para isso, foram levantados perfis estratigráficos em afloramentos ao longo de cortes das rodovias BR-287 e RS-532, abrangendo os municípios de São Vicente do Sul, Mata e São Pedro do Sul. Este trabalho utilizou o princípio da análise de fácies e das associações de fácies, ocorrendo (i) associação de fácies fluvial cascalhoso distal; (ii) associação de fácies fluvial entrelaçado arenoso; e (iii) associação de fácies de delta lacustre. A interpretação dos ambientes deposicionais, a partir das associações de fácies, sugere dois principais sistemas: fluvial e lacustre. A análise dos principais padrões de empilhamento estratais (progradação, retrogradação e agradação), tornou possível a demarcação de superfícies estratigráficas, como as superfícies de inundação e regressão e limites de sequências. Os tratos de sistemas definidos representaram a quebra do registro em sequências de alta resolução (4ª e 5ª ordens), o que auxiliou na reconstrução paleogeográfica final. Com este trabalho, alcançou-se um entendimento aprofundado sobre a sedimentação durante o Triássico da Bacia do Paraná, podendo reconstruir a configuração aproximada dos ambientes deposicionais da época e compreender os eventos de preenchimento da bacia.
Abstract: The Sanga do Cabral and Santa Maria formations comprises the triassic package of the Paraná Basin, occurring restricted to the state of Rio Grande do Sul. The Sanga do Cabral Formation occurs in the central and western depression region of the state, and the Santa Maria Formation occurs only in central depression. These two formations correspond to the sequences of second order, being called Sanga do Cabral Supersequence and Santa Maria Supersequence. The Santa Maria Supersequence is subdivided into three sequences of third order: Santa Maria I, Santa Maria II and Santa Maria III. The proposal of this work is to apply the stratigraphy of sequences in high resolution in the aforementioned formations, considering non-marine factors in sedimentation. This proposal takes into account variations in the stratigraphic base level, controlled by climatic and tectonic changes. For this, stratigraphic profiles in outcrops along roads of the BR-287 and RS-532 highways were surveyed, covering the municipalities of São Vicente do Sul, Mata and São Pedro do Sul. This work used the principle of facies analysis and facies associations, occurring (i) facies association of distal gravel rivers; (ii) association of sandy braided rivers; and (iii) facies association of deltaic lacustrine. The interpretation of the depositional environments, from the faceis associations, suggests two main systems: fluvial and lacustrine. Analysis of the main stratal stacking patterns (degradation, retrogradation and gratification) made it possible to demarcate stratigraphic surfaces, such as flood and regression surfaces and sequence boundaries. The defined of systems tracts represented the breaking of the registry in sequences of high resolution (4th and 5th orders), which aided in the final paleogeographic reconstruction. With this work, an in-depth understanding of the sedimentation during the Triassic period of the Paraná Basin was reached, being able to reconstruct the approximate configuration of the depositional environments of the time and to understand the events of filling of the basin.
metadata.dc.subject: Estratigrafia de sequências
Nível de base estratigráfico
Padrões de empilhamento
Tratos de sistemas
Reconstrução paleogeográfica
Sequence stratigraphy
Stratigraphic base level
Stacking patterns
System tracts
Paleogeographic reconstruction
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Caçapava do Sul
metadata.dc.identifier.citation: SAUER, Robert. Reconstrução paleogeográfica com o uso da estratigrafia de sequências: aplicação nas formações Sanga do Cabral e Santa Maria (Triássico da Bacia do Paraná) na região de São Pedro do Sul, RS. 2018. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/5293
metadata.dc.date.issued: 2018
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Geologia

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
Robert Sauer - 2018.pdf4,78 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???