Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4691
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Gestão, gênero e preconceito: as experiências e desafios vivenciadas por mulheres na atual gestão pública de Santana do Livramento/RS
metadata.dc.creator: Costa, Laura Pereira da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cappellari, Gabriela
metadata.dc.contributor.referee1: Vargas, Katiuscia de Fátima Schiemer
metadata.dc.contributor.referee2: Moreira, Martiele Gonçalves
metadata.dc.description.resumo: Ao longo dos anos, a sociedade vem se transformando, evidenciando que a representatividade feminina na política é essencial, até mesmo para a concessão de direitos para as próprias mulheres. Contudo, o caminho até o fim da desigualdade ainda é longo, a participação feminina em cargos públicos ainda é baixa comparada a participação masculina, cenário que é de fácil constatação no município de Santana do Livramento/RS onde a maioria da população é composta por mulheres, mas mesmo assim a cidade nunca teve uma mulher ocupando o cargo de prefeita. O objetivo desta pesquisa é averiguar quais são os desafios e adversidades enfrentados pelas mulheres no ingresso e na ocupação de cargos na gestão pública municipal de Santana do Livramento, por meio de relatos das experiências vividas por mulheres em cargos de liderança no município. A pesquisa se classifica como de natureza aplicada e de abordagem qualitativa. Já em relação aos objetivos, se caracteriza como exploratória. Para a coleta de dados primários utilizou-se de entrevista semiestruturada. Foram entrevistadas 4 mulheres. Para analisar e interpretar os dados utilizou-se a técnica interpretativa. As formas de ingresso das entrevistadas em seus respectivos cargos se deram de maneiras diferentes, duas delas por indicação e as outras duas por disputa eleitoral. Neste sentido, as mesmas apontam desafios no ingresso de cargos políticos como a “mancha” na política causada pela corrupção. Os dados revelaram que quanto a divisão do poder na gestão municipal o gênero masculino é predominante, representando 85% no comando das secretarias e 88% no poder legislativo. O gênero masculino não é predominante apenas nos cargos de poder, os dados apresentados revelam que dentro das secretarias municipais os homens também são maioria. As entrevistas descreveram diversos tipos de desafios que sofreram e sofrem para se manterem em cargos de liderança, uma delas cita que teve que recorrer à justiça para poder exercer seu cargo, pois foi afastada do mesmo. O relato de outra entrevistada sobre o preconceito que sofreu por escolhas pessoais, evidencia que este é outro obstáculo que estas mulheres precisam superar. Os dados sugerem que cada uma das entrevistadas tem seu próprio modo de ver e encarar os desafios, algumas por possuírem um histórico de militância preferem lutar contra estes obstáculos, já outras cobrem os olhos com a fé e optam por não enxergar o que ocorre em sua volta.
Abstract: Over the years society has been changing, showing that female representation in politics is essential, even for their own granting of rights. However, the journey the end of inequality is long, female participation in public office is low compared to male participation, something that is comm to see in the city of Santana do Livramento/RS where the majority of the population is made up of women, and the city has never had a woman in the post of mayor. The objective of this research is to find out what are the challenges and adversities faced by women in entering and occupying positions in the public administration of Santana do Livramento, through reports of the experiences lived by women in leadership positions in the city. The research is classified as applied nature and qualitative approach. Regarding the objectives, it is characterized as exploratory and descriptive. For primary data collection, a semi-structured interview was used. Four women were interviewed. To the analysis and interpretation of the data we used the narrative technique. The forms of entry of the interviewees in their respective positions occurred in different ways, two of them by appointment and the other two by electoral dispute. In this sense, they point out difficulties in entering political positions as a “spot” in politics caused by corruption. The data revealed that regarding the division of power in city’s management the male gender is predominant, representing 85% in the command of the secretariats and 88% in the legislative power. The male gender is not predominant only in positions of power, the data presented reveal that within the city departments men are also majority. The interviews described many types of difficulties that they suffered and suffer to remain in leadership positions, one of them mentions that she had to resort to justice to be able to exercise her position, because she was removed from it. Another interviewee's account of the prejudice she suffered for personal choices shows that this is another obstacle these women need to overcome. The data suggest that each interview has its own way of seeing and facing difficulties, some with a history of activism prefer to fight against these obstacles, others cover their eyes with faith and pretend not to see what happens around them.
Keywords: Gestão pública
Mulheres
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Santana do Livramento
Citation: COSTA, Laura Pereira da. Gestão, gênero e preconceito: as experiências e desafios vivenciadas por mulheres na atual gestão pública de Santana do Livramento/RS. Trabalho de conclusão de curso em Gestão Pública. Santana do Livramento: Unipampa, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4691
Issue Date: 14-Nov-2019
Appears in Collections:Tecnologia em Gestão Pública

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gestão, genêro e preconceito-convertido.pdf369,14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.