???jsp.display-item.identifier??? http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4628
Tipo: Tese
metadata.dc.title: Efeitos do óleo de linhaça e da lignana Secoisolariciresinol diglicosídeo (SDG) em um modelo de síndrome metabólica em ratos Wistar
Autor(es): Pilar, Bruna Cocco
Primeiro Orientador: Manfredini, Vanusa
Resumo: Evidências têm demonstrado um papel positivo da semente de linhaça no tratamento e prevenção da síndrome metabólica (SM) e das complicações associadas à mesma. No entanto, não há um consenso sobre o componente responsável por esses efeitos. Para esclarecer essa questão, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do óleo de linhaça e da lignana da linhaça secoisolariciresinol diglicosídeo (SDG) em um modelo de síndrome metabólica em ratos Wistar. Para isso, 48 ratos Wistar foram distribuídos em seis grupos (n=8): Os grupos I (control), V (FO) e VI (SDG) receberam água ad libitum, e os grupos II (MS), III (MS + FO) e IV (MS + SDG) receberam 30% de frutose na água de beber para indução da SM. Concomitantemente, os animais receberam solução salina (grupos I e II), óleo de linhaça (grupos III e V) e SDG (grupos IV e VI) por via oral. Após 30 dias, os animais foram sacrificados, sendo o sangue, o fígado e os rins coletados para análises bioquímicas, oxidativas, inflamatórias e histopatológicas. O peso corporal foi registrado semanalmente. A pressão arterial sistólica foi medida antes e após o tratamento. Foi realizada análise do óleo de linhaça por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas, a qual indicou a presença predominante de ácidos graxos, esteróides e tocoferóis. A solução de frutose foi capaz de induzir SM, além de promover alterações oxidativas, inflamatórias e renais. O óleo de linhaça e o SDG preveniram o desenvolvimento de SM, bem como as alterações oxidativas, inflamatórias e renais. Assim, os resultados deste estudo demonstraram que o tratamento com solução de frutose a 30% durante 30 dias é um modelo eficaz para indução de SM em ratos Wistar. Além disso, a suplementação com óleo de linhaça e SDG foi capaz de prevenir de maneira semelhante as alterações pressóricas, oxidativas, bioquímicas e inflamatórias observadas neste transtorno, o que demonstrou que ambos podem ser utilizados na prevenção do desenvolvimento de SM e de suas complicações em ratos.
Abstract: Evidence has shown a positive role for flaxseed in the treatment and prevention of metabolic syndrome (MS) and the associated complications. However, there is no consensus on the component responsible for such effects. To clarify this issue, the objective of the present study was to evaluate the effects of flaxseed oil and flaxseed lignan secoisolariciresinol diglycoside (SDG) in a metabolic syndrome model in Wistar rats. Forty-eight Wistar rats were allocated into six groups (n = 8): Groups I (control), V (FO) and VI (SDG) received water ad libitum, and groups II (MS), III (MS + FO) and IV (MS + SDG) received 30% fructose in drinking water for MS induction. Concomitantly, the animals received saline (groups I and II), flaxseed oil (groups III and V) and SDG (groups IV and VI) orally. After 30 days, the animals were sacrificed, and blood, liver and kidneys were collected for biochemical, oxidative, inflammatory and histopathological analyzes. Body weight was recorded weekly. Systolic blood pressure was measured before and after treatment. Flaxseed oil analysis was performed by gas chromatography-mass spectrometry, which indicated the predominant presence of fatty acids, steroids and tocopherols. Fructose solution induced MS, besides promoting oxidative, inflammatory and renal changes. Flaxeed oil and SDG prevented the MS development as well as oxidative, inflammatory and renal changes. Thus, the results of this study demonstrated that treatment with 30% fructose solution for 30 days is an effective model for MS induction in Wistar rats. In addition, supplementation with flaxseed oil and SDG prevented similarly the pressure, oxidative, biochemical and inflammatory changes observed in this disorder, which demonstrated that both can be used to prevent the MS development and its complications in rats.
metadata.dc.subject: Óleo de linhaça
Secoisolariciresinol diglicosídeo
Síndrome metabólica
Flaxseed oil
Secoisolariciresinol diglycoside
Metabolic syndrome
CNPQ: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.publisher: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
Campus: Campus Uruguaiana
Curso: Doutorado em Bioquímica
metadata.dc.identifier.citation: PILAR, Bruna Cocco. Efeitos do óleo de linhaça e da lignana Secoisolariciresinol Diglicosídeo (SDG) em um modelo de síndrome metabólica em ratos Wistar . 71 p. Tese (Doutorado em Bioquímica) – Universidade Federal do Pampa, Campus Uruguaiana, Uruguaiana, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.identifier.uri: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4628
metadata.dc.date.issued: 24-Nov-2017
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.appears???Mestrado e Doutorado em Bioquímica

???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.files???
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.file??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.description??? ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.filesize??????org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.fileformat??? 
BRUNA COCCO PILAR.pdf3,99 MBAdobe PDF???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.view???


???jsp.display-item.copyright???