Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4298
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Comportamento ingestivo de cordeiros Dorper x Santa Inês terminados em diferentes sistemas de produção
metadata.dc.creator: Bittencourt, Arthur Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: Leite, Tisa Echevarria
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Daniel Gonçalves da
metadata.dc.contributor.referee1: Leite, Tisa Echevarria
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Daniel Gonçalves da
metadata.dc.contributor.referee3: Segabinazzi, Luciane Rumpel
metadata.dc.description.resumo: A avaliação do comportamento ingestivo de ovinos é uma importante ferramenta na busca de melhores resultados produtivos, pois permite identificar com melhor precisão variações nas atividades comportamentais frente às adversidades alimentares e ambientais encontradas nos diferentes sistemas de produção aos quais são submetidos. O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o comportamento ingestivo de cordeiros Dorper x Santa Inês terminados em diferentes sistemas de produção. O experimento foi realizado nas dependências do Setor de Ovinocultura da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Campus Dois Vizinhos. Foram utilizados 24 cordeiros Dorper x Santa Inês, não castrados, distribuídos igualmente em três tratamentos, sendo eles: T1: pastagem tropical sem sombreamento; T2: pastagem tropical com sombreamento natural (silvipastoril); e T3: confinamento em aprisco. O comportamento ingestivo foi avaliado em escalas de 5, 10, 15 e 20 minutos por dois períodos de 24 horas, nos quais foi observado o tempo despendido em minutos, para alimentação, ruminação e ócio, nas posturas em pé ou deitado, bem como a ingestão de água e sal mineral e o tempo despendido para outras atividades. Também foi verificado o tempo de 20 bocados, tempo por bolo ruminal, número de mastigações merícicas por bolo ruminal e tempo para 10 estações de pastejo. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e análise de variância. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade, por meio do pacote estatístico SAS®. Houve diferença entre as escalas de avaliação do comportamento ingestivo no T1, o que não foi verificado nos tratamentos T2 e T3. Os tempos para realização das atividades de ruminação deitado, ócio em pé, alimentação, ingestão de água, sal e outras atividades do comportamento ingestivo avaliados em intervalos de 15 minutos foram alteradas em função dos tratamentos. Dentro do sistema silvipastoril houve variações das atividades de ócio em pé e pastejo entre a linha e na linha das árvores. Os tempos despendidos para remastigação do bolo ruminal e para percorrer 10 estações de pastejo também foram alterados em função dos tratamentos. Observou-se que as particularidades alimentares e ambientais presentes nos diferentes sistemas de produção alteraram o comportamento ingestivo de cordeiros Dorper x Santa Inês e, consequentemente o desempenho dos animais e, por isso, reitera-se a importância da avaliação dos parâmetros comportamentais dentro dos sistemas, a fim de garantir a eficiência de produção de cordeiros.
Abstract: The evaluation of the ingestive behavior of sheep is an important tool in the search for better productive results since it allows to identify with better precision variations in the behavioral activities in front of the food and environmental adversities found in the different production systems to which they are submitted. The work was conducted with the objective of evaluating the ingestive behavior of lambs Dorper x Santa Inês finishing in different production systems. The experiment was carried out at the Ovinocultura Sector of the Federal Technological University of Paraná (UTFPR) Campus Dois Vizinhos. Twenty-four Dorper x Santa Inês lambs not castrated were also distributed in three treatments T1 tropical pasture without shading; T2 tropical pasture with natural shading (silvipastoril); and T3 confinement in sheepfold. The ingestive behavior was evaluated at 5, 10, 15 and 20 minutes for two 24hour periods in which the time spent in minutes for feeding rumination and rest in standing or lying postures was observed in minutes. mineral salt and water intake and time spent on other activities. It was also verified the time of 20 mouthfuls time per ruminal cake number of chewing chews per ruminal cake and time for 10 grazing seasons. Data were analyzed through descriptive statistics and analysis of variance. The means were compared by the Tukey test at 5% probability using the statistical package SAS®. There was a difference between the evaluation scales of ingestive behavior in T1 which was not verified in treatments T2 and T3. The time to perform the activities of lying rumination standing leisure feeding water intake salt and other activities of the ingestive behavior evaluated at intervals of 15 minutes were altered as a function of the treatments. Within the silvipastoril system there were variations of standing leisure activities and grazing between the line and the tree line. The time spent to remastigate the ruminal cake and to cover 10 grazing stations were also altered according to the treatments. It was observed that the dietary and environmental peculiarities present in the different production systems altered the ingestive behavior of lambs Dorper x Santa Inês and consequently the performance of the animals and therefore it is reiterated the importance of the evaluation of the behavioral parameters within the systems in order to ensure the efficiency of lamb production.
Keywords: Aspectos metodológicos
Comportamento alimentar
Confinamento
Ovinos
Pastagem à pleno sol
Silvipastoril
Methodological aspects
Food behavior
Confinement
Sheep
Pasture in full sun
Silvipastoril
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Dom Pedrito
Citation: BITTENCOURT, Arthur Fernandes, Bianca. Comportamento ingestivo de cordeiros Dorper x Santa Inês terminados em diferentes sistemas de produção. 2019. 65 f. Trabalho de Conclusão (Graduação) – Curso de Bacharelado em Zootecnia, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito, RS.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4298
Issue Date: 27-Jun-2018
Appears in Collections:Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTHUR FERNANDES BETTENCOURT.pdfARTHUR FERNANDES BETTENCOURT 2018917,7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.