Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4111
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Gênero, raça e percepção: uma análise dos comentários digitais da campanha “um olhar aberto te define” da Avon
metadata.dc.creator: Oliveira, Natália Pereira de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Mérli Leal
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Denise Teresinha da
metadata.dc.contributor.referee2: Rocha, Marcelo da Silva
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem o objetivo de analisar a percepção de mulheres negras sobre representação, de acordo com raça e gênero, diante da peça publicitária “O que te define”, da marca de cosméticos AVON, através de análise de conteúdo. Diante disso, fez-se necessário a definição do referencial teórico em que primeiramente foi apresentar a área da publicidade e propaganda e sua linguagem, diante autores como Manuel Castells e o sujeito como agente interativo, e Adair Peruzollo sobre a estratégia da persuasão. Também tornou-se fundamental tratar de questões raciais e de gênero, de forma a questionar padrões sociais construídos historicamente nas duas perspectivas de segmentação, dando ênfase para a terminologia de gênero como identidade construída, por Joan Scott. Dentro dessa segmentação de público, buscamos abordar também a beleza da mulher negra e a influência das mídias na definição de padrões. Para o maior entendimento de análise de percepção, foram examinados conceitos sobre o processo do conhecimento com Paulo Freire e o tema gerador, e este somado à construção da cultura de acordo com as relações sociais e o processo de identificação individual. Para o embasamento da análise, foram abordados temas como o comportamento do consumidor e suas definições de valores, com Christiane Gade e Eliane Karsaklian. O método utilizado foi qualitativo, diante o levantamento de respostas de seguidoras da marca. Com técnica de análise de conteúdo, de forma a categorizar 140 comentários de mulheres negras, categorizadas pela foto no perfil da rede social Facebook, na postagem do comercial. Após o levantamento dos comentários e o processo de inferência baseados no conceito de Laurence Bardin, a análise dos dados foram organizadas em 8 categorias e subcategorias de forma a responder nossa pergunta de pesquisa. O estudo desses dados trouxe a conclusão que, diante o posicionamento de luta contra o preconceito e incentivo ao empoderamento feminino, as mulheres negras sentem-se identificadas e tocadas com o material, porém procuram valorização, maior representatividade e diversidade nas mídias e na área da propaganda.
Abstract: The present paper intends to analyze the perception of black women over representation according to race and gender related to the AVON cosmetic brand‟s advertisement “O que te define”, through content analysis. For that purpose, it was necessary to define the theoretical framework in which our approach consisted, presenting the area of Advertising and Marketing and its language, through authors such as Manuel Castells, and the idea of the subject as an interactive agent, and Adair Peruzollo, on the strategy of persuasion. It was also key to explain racial and gender issues, questioning historically constructed social patterns in both perspectives of segmentation, emphasizing the gender terminology as constructed identity, by Joan Scott. Inside this public segmentation, we will try to approach the matter of black women beauty and the media influence on defining patterns. For better understanding of perception analysis, some concepts were examined on the process of knowledge, with Paulo Freire, and the generative themes, along with the construction of culture related to social relations and the process of individual identification. The analysis was also based on themes such as consumer behavior and its values definition with Christiane Gade and Eliane Karsaklian. The method used was qualitative, through examination of responses from the brand‟s followers, along with content analysis technique, categorizing 140 comments of black women, based on the profile photo in the social network Facebook, in the advertisement‟s post. After the analysis of comments and the inference process based on the concept of Laurence Bardin, the data analysis was organized in 8 categories and subcategories aiming to answer out research question. The study of these data brought the conclusion that, considering the position of fight against prejudice and incentive to women empowerment, black women feel identified and touched by the ad but they still seek for appreciation, more representativeness and diversity in the medias and in the are of advertising and marketing.
Keywords: Publicidade
Propaganda
Mulheres
Negras
Identidade de gênero
Campanhas publicitárias
Publicity
Advertising
Women
Black
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus São Borja
Citation: OLIVEIRA, Natália Pereira de. Gênero, raça e percepção: uma análise dos comentários digitais da campanha “um olhar aberto te define” da Avon. 2017. 78 p. Trabalho de Conclusão do Curso (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Federal do Pampa, Campus São Borja, São Borja, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/4111
Issue Date: 7-Dec-2017
Appears in Collections:Publicidade e Propaganda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Natália Pereira de Oliveira 2017.pdf1,69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.