Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3995
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Estratégias de reprodução social dos agricultores familiares assentados em Santana do Livramento/RS
metadata.dc.creator: Ferron, Jeferson da Luz
metadata.dc.contributor.advisor1: Troian , Alessandra
metadata.dc.contributor.referee1: Medeiros, Rosa Maria Vieira
metadata.dc.contributor.referee2: Viana, João Garibaldi Almeida
metadata.dc.contributor.referee3: Monteblanco, Felipe Leindecker
metadata.dc.description.resumo: A agricultura familiar vem se modificando e reinventando ao longo dos anos. No Brasil, a categoria social ganha destaque na década de 1990, quando diversos estudos desmistificaram o caráter “atrasado” do segmento e demonstraram a necessidade de políticas públicas voltadas para a agricultura familiar. Neste sentido, o presente estudo objetivou analisar as estratégias de reprodução social dos agricultores familiares assentados em Santana do Livramento/RS. Metodologicamente a pesquisa configura-se como qualitativa, de caráter exploratório, na qual foi utilizado o método estudo de caso. Foram realizadas onze entrevistas com agricultores assentados em três assentamentos do município. Também se realizou a pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e observação não participante. Para análise dos dados utilizou-se uma aproximação da técnica análise de conteúdo. Os dados revelaram que, a agricultura familiar assentada em Santana do Livramento/RS teve início em 1992, com agricultores vindos do norte do estado, região onde iniciou o processo de modernização agrícola. Ademais, os agricultores assentados no município adotam consciente e racionalmente diversas estratégias de reprodução social, sejam elas agrícolas ou não, como a diversificação, produção para autoconsumo, pluriatividade, entre outros. Observa-se ainda, que as estratégias de reprodução social adotadas pelos agricultores pesquisados, além de diversificadas, dificilmente se alteram de um assentamento para outro. Para a utilização das estratégias, os agricultores entrevistados levam em consideração as necessidades da família, a produtividade da área de terra, localização, conhecimentos pessoais, acesso a políticas públicas, experiência de vida, entre outros fatores. Apesar da instalação de vários assentamentos no município, os agricultores familiares assentados ainda enfrentam inúmeras dificuldades para permanecer no espaço rural, sendo necessário que o Estado assuma a sua função como principal propulsor do desenvolvimento rural.
Abstract: The Family agriculture has been changing over the past few years. In Brazil, this social category stands out in the 1990s, when several studies clarify the “backward” character of the segment and demonstrate the need for public policies focused on family agriculture. Thus, this study aimed to analyze the strategies of social reproduction of family farmers settled in Santana do Livramento/RS. The methodology is based on qualitative research focusing on exploratory character which the case study method was used. It was accomplished eleven interviews with farmers settled in three counties. Likewise, bibliographical and documental research,and non-participant observation were accomplished. In order to analyse the data it was used an approximation of the technique of content analysis. The data revealed that the Family agriculture settled in Santana do Livramento/RS started in the beginning of 1922 with farmers from the north of the State, the area where started the process of agricultural modernization. Furthermore, the farmers settled in the county embrace consciously and rationally many strategies concerning social reproduction, whether agricultural or not, such as diversification, auto consumption production, pluriactivity, among others. It is also observed that the social reproduction strategies adopted by the farmers interviewed, besides being diversified, hardly change from one settlement to another. For the use of the strategies, the farmers interviewed take into consideration the needs of the family, the land productivity, location, personal knowledge, access to public policies, life experience, among other issues. Despite the introduction of several settlements in the county, the settled family farmers still face many difficulties to remain in rural area, therefore, it is necessary the Government takes on the responsability as the main supporter of rural development.
Keywords: Administração
Agricultura familiar
Reprodução social
Assentamento rural
Administration
Rural settlements
Family agriculture
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Santana do Livramento
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Acadêmico em Administração
Citation: FERRON, Jeferson da Luz. Estratégias de reprodução social dos agricultores familiares assentados em Santana do Livramento/RS.. Dissertação apresentada ao Mestrado em Administração da Unipampa. Santana do Livramento: Unipampa, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3995
Issue Date: 7-May-2019
Appears in Collections:Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Versão final dissertação CD..pdf2,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.