Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3977
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Jornalismo cultural e distribuição multiplataforma: as transformações das características das seções de cultura no jornal Zero Hora e na franquia de GaúchaZH
metadata.dc.creator: Silva, Nathalia Lopes da
metadata.dc.contributor.advisor1: Belochio, Vivian de Carvalho
metadata.dc.contributor.referee1: Feitosa, Sara Alves
metadata.dc.contributor.referee2: Klein, Eloísa Joseane da Cunha
metadata.dc.contributor.referee3: Zago, Gabriela da Silva
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação foi elaborada com a intenção de contribuir nos estudos referentes às relações entre o jornalismo cultural, o imaginário e a indústria criativa. Tem como objetivo compreender, a partir das teorias do jornalismo como tecnologia do imaginário e como objeto da indústria criativa, como as características do jornalismo cultural da franquia do jornal Zero Hora se transformam na distribuição multiplataforma. Para atingir tal objetivo, o trabalho foi dividido em três partes: a revisão bibliográfica, os procedimentos metodológicos e a conclusão. Os capítulos 1, 2 e 3 apresentam a revisão bibliográfica, que aborda a transformação do jornalismo como elemento da indústria criativa, os objetos culturais do jornalismo na cultura da convergência e o jornalismo como tecnologia do imaginário, respectivamente. O capítulo 4 traz os procedimentos metodológicos. Foi realizada, a título de exemplo, uma observação exploratória da distribuição multiplataforma das editorias de jornalismo cultural das franquias da Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, Correio do Povo e Zero Hora. Bem como, uma análise de conteúdo das editorias de cultura de Zero Hora e da franquia GaúchaZH. Além disso, também expõe a análise de entrevistas semiestruturadas realizadas com dois profissionais da franquia de GaúchaZH. Os resultados da análise realizada demonstram que a distribuição dos conteúdos em múltiplas plataformas pode ampliar a abrangência do jornalismo cultural. Zero Hora se configura como um objeto cultural diferenciado da indústria criativa, pois envolve processos criativos distintos na criação de seus diferentes produtos em cada plataforma e a editoria de cultura do veículo apresenta variações entre as diferentes plataformas. A partir disso, acredita-se que esse processo pode estar influenciando as representações que os jornalistas de Zero Hora têm sobre a forma de construção de conteúdos do jornalismo cultural.
Abstract: This master’s dissertation was prepared for contributing with studies related cultural journalism, imaginary and creative industry. The objective of this study was to understand, according to the theories that consider journalism as a technology of imaginary, how the characteristics of cultural journalism presented in Zero Hero’s franchise transform themselves in multiplatform distribution. The chapters 1, 2 and 3 present the theoretical background, which is focused in the journalism transformation as an element of creative industry, the cultural objects of journalism in the convergence culture and the journalism as a technology of imaginary, respectively. Chapter 4 presents methodological procedures. An exploratory observation was made of the multiplatform distribution of the cultural journalism editorials of the Folha de S. Paulo, O Estado de São Paulo, Correio do Povo and Zero Hora franchises. As well as a content analysis of the Zero Hora culture editorials and the GaúchaZH franchise. Moreover, this study also shows the analysis of semi-structured interviews carried out with two professionals from GaúchaZH’s franchise. The results of the analysis carried out showed the multiplatform distribution of contents could increase the coverage of cultural journalism. Zero Hero configures itself as a different cultural object of creative industry, since it evolves distinctive creative processes in the creation of different products in each platform and the vehicle editor culture presents variations in different platforms. According to this context, the study believes that this process may be influencing the representations Zero Hora’s journalists have about the way that content construction of cultural journalism.
Keywords: Jornalismo
Cultura
Zero Hora
Journalism
Culture
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus São Borja
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Comunicação e Indústria Criativa
Citation: SILVA, Nathalia Lopes da. Jornalismo cultural e distribuição multiplataforma: as transformações das características das seções de cultura no jornal Zero Hora e na franquia de GaúchaZH. 2018. 187 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Comunicação e Indústria Criativa) - Universidade Federal do Pampa, Campus São Borja, São Borja, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3977
Issue Date: 15-Apr-2019
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Comunicação e Indústria Criativa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nathalia Lopes da Silva 2018.pdf8,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.