Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3863
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Avaliações da atividade antileucêmica em diferentes estratégias de produção de extratos da própolis âmbar
metadata.dc.creator: Machado , Josiely Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Delgado Cañedo , Andrés
metadata.dc.contributor.referee1: Meira, Susiane Cavinatto
metadata.dc.contributor.referee2: Nespolo, Cássia Regina
metadata.dc.description.resumo: O câncer está entre as três primeiras causas de morte no Brasil e é considerado um problema de saúde pública, especialmente entre os países em desenvolvimento, aumentando o interesse por compostos ativos. Produtos apícolas tem ganhado atenção devido às atividades biológicas apresentadas, em destaque a própolis, que tem sido alvo de intensos estudos demonstrando atividade antifúngica, antiviral, antibacteriana, antioxidante e recentemente atividade antitumoral. O uso da própolis brasileira na “fitoterapia ou apiterapia” não deve ser generalizado devido ao fato que a sua composição química complexa e altamente variável de acordo com a localização geográfica, períodos sazonais e distribuição vegetal, sendo assim de grande importância a identificação e isolamento dos compostos ativos de extrato da própolis para desenvolver novos fármacos para terapias do câncer. O objetivo deste trabalho foi testar diferentes métodos para produção de extratos da própolis do município de São Gabriel, denominada própolis Âmbar, avaliando sua atividade antileucêmica através de teste de viabilidade celular e determinação do IC50 e analisar o perfil cromatográfico dos extratos por HPLC. A preparação dos extratos hexânicos e diclorometano foram realizadas com as amostras da própolis do munícipio de São Gabriel/ RS dos anos de 2014 e 2015. Primeiramente, realizou a metodologia maceração de extração a quente pelo extrator Soxhlet. Após os extratos obtidos foram conduzidos a reação de saponificação em meio metanólico básico sendo, o produto extraído obtendo-se apenas a porção insaponificável. Posteriormente, a fim de comparação para atividade biológica utilizou-se a metodologia de maceração, extraindo a temperatura ambiente no período de 7 dias, com agitações periódicas. A atividade antileucêmica foi analisada na linhagem celular Jurkat pelo parâmetro de IC50 e viabilidade celular usando ensaio de exclusão com iodeto de propídio por citometria de fluxo e o perfil cromatográfico foi analisado por HPLC. Os resultados obtidos mostraram efeito antileucêmico dos extratos da própolis em todas extrações pelos métodos de extração e solventes com exceção do produto insaponificado do hexano dos dois anos. O IC50 das amostras foram as concentrações finais entre 0,2 a 0,5 µg/mL. Quando realizado o perfil cromatográfico das amostras, revelou um pico distintivo a aproximadamente 30 minutos na qual levantamos a hipótese de que seja um possível marcador fitoquímico da própolis; porem, não logramos evidencias ainda algum pico que pudesse explicar a diferença das atividades nos extratos produzidos. Concluindo, a extração por Soxhlet foi a que demonstrou maior eficiência pelo benefício da redução do tempo de extração, assim como do solvente diclorometano pela extração de compostos apolares e de baixa polaridade que demonstrou maior semelhança entre as amostras, apresentando dados similares aos obtidos com o extrato etanólico desta própolis.
Abstract: Cancer is among the Brazil´s top three causes of death and is considered a public health problem, especially among developing countries, increasing interest in new active compounds. Apiculture products have gained attention due to their biological activities, mainly the propolis, which has been extensively studied demonstrating antifungal activity, antiviral, antibacterial, antioxidant and recently antitumor activity. The use of Brazilian propolis in "phytotherapy or apitherapy" should not be generalized due to the fact that its chemical composition is complex and highly variable according to geographic location, seasonal periods and plant distribution, being therefore of great importance the identification and isolation of active compounds from propolis extract to develop new drugs for cancer therapies. The objective of this work was to test different methods for the production of extracts of propolis from São Gabriel, denominated propolis Amber, evaluating its antileukemic activity through cell viability and IC50 test and to analyze the chromatographic profile of extracts by HPLC. The preparation of the hexane extracts and dichloromethane were carried out with the samples of the propolis of the city of São Gabriel / RS of the years 2014 and 2015. First, it carried out the maceration methodology of hot extraction by the Soxhlet extractor. After the obtained extracts were conducted the saponification reaction in basic methanolic medium being the product extracted obtaining only the unsaponifiable portion.Subsequently, in order to compare for biological activity, the maceration methodology was used, extracting the ambient temperature in the period of 7 days, with periodic agitations. The antileukemic activity was analyzed in the Jurkat cell line by the IC50 parameter and cell viability using Propidium Iodide exclusion test by flow cytometry and the chromatographic profile was analyzed by HPLC. The results showed antileukemic effect of the extracts of propolis in all extractions by the extraction methods and solvents with the exception of the unsaponified Hexane for both propolis samples. The IC 50 dosis of the extracts that presented antileukemic activity were concentrations between 0.2 to 0.5 μg / mL. When the chromatographic profile was carried out, they showed a distinctive peak at approximately 30 minutes in which we hypothesized that it is a possible phytochemical marker for amber propolis; however, we did not obtain any evidence yet about what peak could explain the activity differences between the extracts produced. In conclusion, the Soxhlet extraction was the more efficient method because of the reduction of the extraction time, as well as the Dichloromethane solvent by the extraction of apolar compounds and of low polarity that showed greater similarity between the samples activities, presenting similar data to those obtained with the ethanolic extract of this propolis.
Keywords: Própolis
Extratos naturais
Diclorometano
Soxhlet
Propolis
Extratcs
Dichloromethane
Soxhlet
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus São Gabriel
Citation: MACHADO, Josiely Pereira. Avaliações da atividade antileucêmica em diferentes estratégias de produção de extratos da própolis âmbar. 2017. 33 f. Monografia (Curso de Biotecnologia). Universidade Federal do Pampa. São Gabriel. 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3863
Issue Date: 13-Nov-2017
Appears in Collections:Biotecnologia



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.