Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3827
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Bloqueio neuromuscular induzido pela peçonha de bothriurus bonariensis sobre a preparação nervo músculo de phoetalia pallida
metadata.dc.creator: Lima , Jeferson Camargo de
metadata.dc.contributor.advisor1: Pinto, Paulo Marcos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Santos, Douglas Silva dos
metadata.dc.contributor.referee1: Boldo, Juliano Tomazzoni
metadata.dc.contributor.referee2: Vinadé, Lúcia do Canto
metadata.dc.description.resumo: A espécie Bothriurus bonariensis, popularmente conhecida como escorpião preto, apesar de não induzir frequentemente quadros clínicos graves é um escorpião facilmente encontrado no ambiente urbano. Venenos animais têm sido amplamente reconhecidos como uma das principais fontes de moléculas biologicamente ativas. Tendo em vista o amplo espectro de uso destas biomoléculas ativas encontradas em venenos de escorpiões, a caracterização da fração proteica do veneno torna-se interessante não só do ponto vista biotecnológico, mas também ecológico, pois assim podemos melhor compreender este escorpião. Os escorpiões foram coletados através de armadilhas de interceptação e queda (Pitfall-Traps) espalhadas no campus da universidade e na localidade no Cerro do Batovi, São Gabriel, RS. O veneno foi extraído a partir de vários indivíduos por estimulação elétrica diretamente no derradeiro segmento abdominal e imediatamente transferido para solução salina 0,9 %. Os animais foram previamente anestesiados por congelamento a -5ºC, e afixados na placa de dissecação. Após a dissecação da cutícula, na região metatorácica, o nervo 5 foi exposto e os eletrodos de Ag/AgCl inseridos para a estimulação elétrica. Os registros isométricos foram feitos usando o software AQCAD durante 120 min. As análises foram feitas pelo software ANCAD. Os diferentes tratamentos com o veneno (0,4μg/μl, 0,8μg/μl, 1,6μg/μl e 3,2μg/μl) foram feitos por injeção na região da terceira porção abdominal com o auxilio de uma seringa de Hamilton. Com nossos resultados, foi possível observar um efeito dose-dependente sobre a força de contração muscular. Quando a dose de (8ug/g de animal) foi ensaiada, houve uma inibição de 50% da resposta contrátil, em 60±2min, e 55% de inibição ao final de 120min de registro (n=5, p<0.05). Nenhuma das concentrações ensaiadas induziu aumento da resposta contrátil na presença do veneno. Os resultados sugerem que o veneno de B. bonariensis induz neurotoxicidade periférica quando administrado em baratas. Trabalhos posteriores se fazem necessário para melhor caracterizarmos esta peçonha e assim podermos responder qual fração do veneno que possui atividade e sobre qual o mecanismo de ação.
Abstract: he species Bothriurus bonariensis, popularly known as the black scorpion, though not often induce severe clinical conditions is easily found in the urban environment. Venoms animal have been widely recognized as a major source of biologically active molecules. Given the broad spectrum of use of these active biomolecules found in venom scorpion, to characterize the protein fraction of the venom becomes interesting not only terms the standpoint of biotechnology, but also ecological, because then we can better understand this scorpion. The scorpions were collected using pitfall traps and falling scattered on campus and in the town of Cerro Batovi, São Gabriel, RS. The venom was extracted from individuals by various electrical stimulation directly to the last abdominal segment and immediately transferred to 0.9% saline solution. The animals were anesthetized by freezing at -5 ° C, and posted on the dissection plate. After dissection of the cuticle, the metathoracic region, the nerve was exposed and 5 electrodes Ag/AgCl inserted for electrical stimulation. The recordings were made using isometric software AQCAD for 120 min. The analyzes were performed by software ANCAD. The different treatments with the venom (0,4μg/μl, 0,8μg/μl, 1,6μg/μl e 3,2μg/μl) were made by injection in the abdominal portion of the third region with the aid of a Hamilton syringe. With our results, we observed a dose- dependent on the strength of muscle contraction. When the dose ( 8ug/g animal) was tested , there was a 50% inhibition of the contractile response by 60 ± 2 minutes , and 55 % inhibition at the end of 120 minutes of recording (n = 5 , P <0.05 ) . None of them concentrations tested to induced an increase in the contractile response in the presence of venom. The results suggest that the venom of B. bonariensis induced peripheral neurotoxicity when administered to cockroaches. Furthermore work is needed to make better characterize this venom and so we can answer what fraction of the venom that has activity and the mechanism of action.
Keywords: Venômica
Bothriurus bonariensis
Escorpião preto
Ensaio eletrofisiológico
Venomous
Black Scorpion
Electrophysiological test
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus São Gabriel
Citation: LIMA, Jeferson Camargo de. Bloqueio neuromuscular induzido pela peçonha de bothriurus bonariensis sobre a preparação nervo músculo de phoetalia pallida. 2013. 34 f. Monografia (Bacharelado em Biotecnologia). Universidade Federal do Pampa, Campus São Gabriel. São Gabriel. 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3827
Issue Date: 18-Oct-2013
Appears in Collections:Biotecnologia



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.