Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3624
Tipo: Monografia de Especialização
Título: As interfaces dos direitos humanos na Educação de Jovens e Adultos (EJA)
Autor(es): Pinto, Carmem Lúcia Barbosa Aguiar
Primeiro Orientador: Ourique, Maiane Liana Hatschbach
metadata.dc.contributor.referee1: Rolt, Clóvis da
metadata.dc.contributor.referee2: Cunha, Vagner Silva da
Resumo: O presente artigo tem como finalidade apresentar algumas especificidades relacionadas à Educação de Jovens e Adultos (EJA), relatando a experiência com uma classe de alfabetização. O principal objetivo deste trabalho é o de enfocar os processos de inclusão social proporcionados na EJA como direito do cidadão que por diversos motivos, procurou esta modalidade de ensino. Também pretende tratar dos direitos humanos fundamentais negados e a exclusão histórica do público da EJA gerada pela socialmente, a partir de um estudo teórico e calçado nas bases legais, como a Lei de Diretrizes e Bases e a Constituição Federal. A modalidade da EJA define-se justamente por essas características e necessidades dos estudantes. É importante reconhecer a educação como um bem comum a todos, independente de sua classe social ou diferenças. Todos têm direito à educação e é preciso lutar para tornar a EJA uma prática realmente inclusiva.
Abstract: Este artículo tiene como objetivo presentar algunas características específicas relacionadas con jóvenes y adultos (EJA), relatando la experiencia con una clase de alfabetización. El objetivo principal de este trabajo es centrarse en los procesos de inclusión social en educación como un derecho del ciudadano de la juventud y adultos que por diversas razones, esta modalidad de enseñanza. También busca abordar los derechos humanos fundamentales negados y la histórica exclusión del público de la EJA generado por la escuela, de un estudio teórico y de calzado en los fundamentos jurídicos, como la ley de directrices y Bases y la Constitución Federal. Modo de EJA se define precisamente por estas características y necesidades de los estudiantes. Es importante reconocer la educación como un bien común a todos, independientemente de su social o las diferencias de clase. Toda persona tiene derecho a la educación y tienes que luchar para hacer la EJA una práctica realmente inclusive.
Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos
Inclusão
Direito
Cidadania
Educación de Jóvenes y Adultos
Inclusión
Ley
Ciudadanía
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Jaguarão
metadata.dc.publisher.program: Especialização em Direitos Humanos e Cidadania - 3ª Edição
Citação: PINTO, Carmem Lúcia Barbosa Aguiar. As interfaces dos direitos humanos na Educação de Jovens e Adultos (EJA). 17p. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Especialização em Direitos Humanos e Cidadania) - Universidade Federal do Pampa, Campus Jaguarão, Jaguarão, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3624
Data do documento: 15-Dez-2015
Aparece nas coleções:Especialização em Direitos Humanos e Cidadania

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CarmemLúciaBarbosaAguiarPinto2015.pdfCarmem Lúcia Barbosa Aguiar Pinto 2015206,63 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.