Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3282
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: A comunicação cria ou apenas representa? um estudo Deleuzeano
metadata.dc.creator: Morais, Renata Cruchi
metadata.dc.contributor.advisor1: Feil, Gabriel Sausen
metadata.dc.contributor.referee1: Beras, César Andre Luiz
metadata.dc.contributor.referee2: Santor, Fernando Silva
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem o intuito de produzir reflexão acerca da criação, principalmente no que diz respeito à criação na publicidade. Para tal reflexão, trazem-se autores da Publicidade e Propaganda e um autor da Filosofia, cujo seu pensamento é centro deste trabalho: Gilles Deleuze. Deleuze coloca a comunicação do lado oposto ao da criação. O autor francês mostra que a criação se opõe à comunicação na medida em que criar não é se preocupar em buscar um entendimento, um consenso entre todos de que determinado termo, por exemplo, tem determinado significado. No pensamento deleuzeano, a comunicação é constituída pela tríade representação, recognição e reconhecimento, ou seja, o comunicar fica diretamente ligado à compreensão, e a compreensão se dá através dos elementos que são reconhecidos (que já se têm codificados na mente), da representação desses elementos e dessas significações que se disseminam e se repetem incessantemente. Já a criação, para Deleuze, se dá no ato de violentar o pensamento, de fazer o oposto do que a comunicação faz, ou seja, deixar escapar, se permitir chegar ao caos, se permitir produzir novos pensamentos. Dentro dessas lógicas, avaliam-se, nesta pesquisa, quatro peças publicitárias e uma peça artística, a fim de responder, dentre outras questões, se a comunicação cria ou apenas representa.
Abstract: This research aims to produce reflection on the creation, especially with regard to creating advertising. For this reflection, the authors bring up Advertising and Philosophy of an author whose thought is its center of this work: Gilles Deleuze. Deleuze puts communication at the opposite side of creation. The French author shows that the creation precludes the communication to the extent that you create is not bothering to seek an understanding, a consensus among all that particular term, for example, has specific meaning. In Deleuzian thinking, communication consists of the triad representation, recognition and acknowledgment, ie, the communication is directly linked to understanding, and understanding is through the elements that are recognized (that have already encoded in the mind), the representation of these these elements and meanings that spread and repeated incessantly. But creating, for Deleuze, is given in the act of raping the thought of doing the opposite of what communication is, that is, let it go, let it get to chaos, is able to produce new thoughts. Within these logics are evaluated in this research four advertisements and an artistic piece, in order to answer, among other questions, if communication creates or just is.
Keywords: Publicidade
Filosofia
Representação (Filosofia)
Criação (Literária, artística, etc.)
Deleuze, Gilles
Publicity
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus São Borja
Citation: MORAIS, Renata Cruchi. A comunicação cria ou apenas representa? um estudo Deleuzeano. 2014. 54p. Trabalho de Conclusão do Curso (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Federal do Pampa, Campus São Borja, São Borja, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3282
Issue Date: 25-Mar-2014
Appears in Collections:Publicidade e Propaganda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RENATA CRUCHI MORAIS 2014.pdf610,15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.