Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3194
metadata.dc.type: Monografia de Especialização
Title: Diagnóstico de propriedades leiteiras da agricultura familiar da reforma agrária de Sant'ana do Livramento/RS: boas práticas de ordenha e identificação de microrganismos causadores de mastite
metadata.dc.creator: Silva, Caroline Alvares
metadata.dc.contributor.advisor1: Haas, Jaqueline Mallmann
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Castagnara, Deise Dalazen
metadata.dc.contributor.referee1: Haas, Jaqueline Mallmann
metadata.dc.contributor.referee2: Castagnara, Deise Dalazen
metadata.dc.contributor.referee3: Pereira, Juliano Gonçalves
metadata.dc.contributor.referee4: Paim, Marcelo Pinto
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho consiste em um estudo de caso realizado em duas propriedades de Agricultura Familiar da Reforma Agrária denominadas A e B, localizadas no distrito de Palomas, município de Sant’Ana do Livramento, Rio Grande do Sul. Esta pesquisa foi desenvolvida no mês de junho de 2014, por meio de visita técnica seguida da aplicação de um questionário socioeconômico e uma lista de verificação de Conformidades e Não Conformidades (Check list) do manejo de ordenha, higiene e boas práticas. As propriedades foram visitadas na primeira ordenha do dia, onde primeiramente realizou-se o teste de fundo do caneco preto para diagnosticar mastite clínica, seguida do teste de California Mastitis Test, para a detecção da presença de mastite subclínica. Quando detectada a presença de mastite subclínica com escores acima de duas cruzes, procedeu-se a amostragem de 30 ml de leite de cada teto infectado para a identificação dos agentes causadores da mastite. Como há grande variedade de patógenos que podem causar mastite, todas as amostras submetidas aos exames laboratoriais foram coletadas assepticamente e em frascos estéreis para obter um diagnóstico seguro e correto e posteriormente transportadas em caixas de poliestireno expandido com gelo reciclado ao Laboratório de Diagnósticos de Doenças Bacterianas e Fungicas Animais da Universidade Federal do Pampa, Campus Uruguaiana. Os resultados obtidos mostram que quanto aos itens que referem-se à higiene de ordenha, as propriedades atenderam a maioria dos requisitos, como frequência adequada de higienização, produtos utilizados para limpeza dos equipamentos e produtos utilizados, seguidos do atendimento às normas dos fabricantes, porém, quanto ao acondicionamento dos equipamentos e utensílios, as propriedades não atenderam ao esperado. Nas análises microbiológicas, constatou-se que em 86,6% das amostras o agente causador da mastite subclínica trava-se do Staphylococcus spp. No acompanhamento das ordenhas comparado aos resultados microbiológicos, a presença de Staphylococcus spp., assim como Streptococcus spp. evidenciam ser resultados da prática de ordenha, onde os animais não recebem uma assepsia adequada antes das ordenhas individuais, o que pode ser observado nas amostras dos tetos AE (Anterior Esquerdo) dos animais 2, 4, 6, 10. A propriedade A possui dois conjuntos de ordenhadeiras, onde os animais são ordenhados em duplas. Os animais de números pares foram ordenhados nos mesmos conjuntos, portanto, há possibilidade de relação entre a desinfecção dos tetos e das teteiras com a presença de mastite no mesmo quarto mamário. Quanto a Streptococcus spp. foi obtido resultado de presença em 6,6% das amostras, podendo esse microrganismo possuir características tanto de contaminação contagiosa quanto ambiental. Por falta de assistência técnica e disponibilidade de informações aos produtores, nem sempre são tomadas as medidas necessárias para evitar a ocorrência de mastite, o que acarreta em sérios prejuízos na produção. As técnicas adotadas pelos produtores para realização da ordenha apresentaram serem os principais efeitos para a prevalência de mastite subclínicas no rebanho estudado, sendo que os microrganismos isolados possuem relação com mastite contagiosa ao invés de ambientais, estreitando assim as relações prática de ordenha e presença de mastite.
Abstract: The present research consists in a study accomplished in two Familial Agricultural Farms of the Agrarian Reform named A and B, placed in the Paloma's district in the city of Sant' Ana do Livramento, Rio Grande do Sul. This research was developed in June 2014, where it was accomplished a technique visit followed by a questionary application and a verification list of Complience and Non-Complience (Check List). The farms were visited in the first milking of the day, where it was accomplshed a black cup botton test to diagnose clinical mastitis, and then the California Mastitis Test, evidencing the presence of subclinical mastitis. To the animals that showed the presence of mastitis and higher scores than two crosses, it was collected 30 ml of milk from each infected udder to the microbiological analysis, with the purpose to identify microorganisms that cause the mastitis. As there are many kinds of pathogen that can cause the mastitis, all the samples that were submitted to the lab exams were asepyically collected and in sterile bottles to obtain a secure and correct diagnosis. The sambles were transported in polystyrene expanded recycled in a Diagnosis of Bacterial and Fungal Diseases Laboratory Animals from the Federal University of Pampa, Uruguaiana College, not more than 24 hours from the collect to the microbiological analysis. The obtained resuts showed that related to the milking hygiene, the farms attended the most part of the requirements, like the frequency of sanitation, products used in the equipments cleaning, used products proceeding the manufacturers, but related to the equipments and utensils packaging the farms didn't attend the expected result. In the microbiological analysis, 86,6% of the samples showed the Staphylococcus spp. presence. In the milking accompaniment comparing the the microbiological results, the Staphilococcus spp. presence and the Streptococcus spp. showed to be results of the milking, where the animals didn't receive correct asepsis befrore the individual milking, what can be observes in the letf anterior udder (L A) of the 2,4,6,10 animals. The farm A has two paris of milking, and the animals are milking in couples. The even numbers were milked in the same group, so, there is a possibility of relation between the udder desinfection and the milking with the presence of mastitis in the same udder. Related to the Streptococcus spp. it was obteined the presence in 6,6% of the samples, and this microorganism can have contagious and ambiental characteristics. Because of the fault of assitency and information available to the farmers, not always the necessary attitudes are taken to the mastitis evidence, what causes serious damages in the milk production. The techniques adoptes by the farmers to accomplish the milking showed to be the mainly effects to happen the mastitis in the studied cows, the isolated microorganisms have a relation with the contagious mastitis instead of environmental, so it is close related the milking and the mastitis presence.
Keywords: Análise microbiológica
Higiêne
Sanidade animal
Microbiological analysis
Hygiene
Animal health
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Dom Pedrito
metadata.dc.publisher.program: Especialização Cidades, Culturas e Fronteiras 2 ed
Citation: SILVA, Caroline Alvares. Diagnóstico de propriedades leiteiras da agricultura familiar da reforma agrária de Sant'ana do Livramento/RS: boas práticas de ordenha e identificação de microrganismos causadores de mastite. 2014. 40 f. Monografia (Especialização) – Curso de Pós-Graduação em Produção Animal, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito, RS.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3194
Issue Date: 27-Sep-2014
Appears in Collections:Especialização em Produção Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAROLINE ALVARES SILVA.pdfCAROLINE ALVARES SILVA 2014809,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.