Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3084
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Mecanismos para a garantia da qualidade orgânica: identificação e análise de vantagens ou desvantagens de sua utilização na agricultura familiar
metadata.dc.creator: Guterres, Lael Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Balverde, Nelson Ruben de Mello
metadata.dc.contributor.referee1: Balverde, Nelson Ruben de Mello
metadata.dc.contributor.referee2: Perleberg, Cleiton Stigger
metadata.dc.contributor.referee3: Maurer, Rafael Lucyk
metadata.dc.description.resumo: Os mecanismos para a garantia da qualidade orgânica são instrumentos previstos na legislação brasileira para assegurar ao consumidor não só a qualidade de um produto agroalimentar, mas também os processos que o geraram, tanto no sentido ambiental como social. Aplicados à agricultura orgânica contribuem para que esta se apresente como uma alternativa para os produtores familiares, possibilitando o desenvolvimento local sustentável e dando acesso a novos mercados. O objetivo foi identificar e analisar vantagens ou desvantagens da utilização desses mecanismos para a garantia da qualidade orgânica pela agricultura familiar, através do levantamento das percepções de produtores familiares que já os utilizam e dos técnicos ligados a estes produtores. Este trabalho utilizou um roteiro de entrevista, no período de junho a agosto de 2013, com um grupo composto por treze (13) produtores familiares ligados a organizações e grupos de produção orgânica, e nove (09) profissionais técnicos pertencentes a duas cooperativas ecológicas e a dois órgãos estaduais voltados para a produção primária, todos em municípios do Rio Grande do Sul. Nas entrevistas, as perguntas foram divididas em três blocos, o primeiro levantou dados que possibilitaram caracterizar e contextualizar o universo estudado, ou seja, os produtores, os técnicos, as propriedades e o sistema produtivo utilizado. Foi observada a idade, a escolaridade e a composição familiar. Nos casos visitados há maior concentração de pequenas propriedades, de até 45 hectares, onde são utilizadas basicamente sistemas e técnicas mais tradicionais, tendo destaque para os pomares, hortas e sistemas agroflorestais. A mecanização é pouco utilizada, com ênfase na mão-de-obra familiar. É efetivo o apoio das cooperativas e outros grupos para o desenvolvimento das atividades, salientando o papel importante dos profissionais técnicos. Na segunda parte do roteiro foi abordado o modo de vida na agricultura orgânica, onde apareceram valores como a ética e a cultura, preocupações estas ligadas por um forte idealismo ecológico. Quanto à motivação pela atividade, a qualidade de vida e a satisfação pessoal são indicadas pela maioria dos produtores. As entrevistas finalizaram com questões sobre os mecanismos, suas vantagens ou desvantagens. A maior vantagem apontada foi a melhoria da imagem do produtor frente ao consumidor, seguida da possibilidade de atingir mercados e da garantia de renda em muitos casos. Ao contrário, a burocratização e o alto custo de algumas certificações apareceram como as maiores desvantagens. Há um alerta sobre a possibilidade de um alto grau de dependência das certificadoras como assunto merecedor de mais atenção. Apesar disso todos os entrevistados consideram a legislação que estabeleceu os mecanismos para a qualidade orgânica, um avanço para a agricultura familiar, assim como para as relações com o meio ambiente e para com a sociedade.
Abstract: The mechanisms for organic quality assurance are instruments under Brazilian law to ensure the consumer not only about quality of an agrifood product, but also the processes that generated both in environmental and social sense. Applied to organic agriculture, it contributes to be an alternative to family farmers, enabling sustainable local development and providing access to new markets. The goal was to identify and analyze the advantages and disadvantages of using these mechanisms for organic quality assurance by the family agriculture, through a survey of perceptions of family farmers who already use them and technicians connected to these producers. This study used an interview guide, in the period June-August 2013 with a group of thirteen (13) family farmers organizations and groups linked to organic production, and nine (09) professional technicians belonging to two ecological cooperatives and two state agencies focused on primary production , all of them in the municipalities of Rio Grande do Sul. In the interviews, the questions were divided into three blocks. In the first collected data, we can characterize and contextualize the studied universe, in other words, the producers, the technicians, the properties and the production system used. We observed age, educational level and household composition. In cases visited greatest concentration of small farms up to 111 acres, which are basically used systems and more traditional techniques, with emphasis on the orchards, gardens and agroforestry systems. Mechanization is little used, with an emphasis on family labor. It's effective the support of cooperatives and other groups to develop activities, stressing the important role of technical professionals. In the second part of the script was approached organic agriculture lifestyle, where an appeared value of ethics and culture, concerns is linked by strong idealism ecological. As for the motivation for activity, quality of life and personal satisfaction are indicated by most producers. The interviews ended with questions about the mechanisms, their advantages and disadvantages. The biggest advantage was the improved image of the producer against the consumer, then the possibility of reaching markets and income security in many cases. Instead, the bureaucracy and the high cost of some certifications appeared as major disadvantages. There is a warning about the possibility of a high degree of dependence on certification as a subject of more attention. Nevertheless, all respondents consider the legislation that established the mechanisms for organic quality, a breakthrough for family farming, as well as relations with the environment and society.
Keywords: Orgânicos
Agricultura familiar
Certificação
Certification
Organic
Agriculture family.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Dom Pedrito
Citation: GUTERRES, Lael Pereira. Mecanismos para a garantia da qualidade orgânica: identificação e análise de vantagens ou desvantagens de sua utilização na agricultura familiar. 2013. 90 f. Monografia (Graduação) – Curso de Tecnologia em Agronegócio, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito, RS.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3084
Issue Date: 14-Oct-2013
Appears in Collections:Tecnologia em Agronegócio

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LAEL PEREIRA GUTERRES.pdfLael Pereira Guterres 20131,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.