Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3054
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Correlação entre saúde materna e o desenvolvimento do cordeiro
metadata.dc.creator: Rosa, Franciela Rocha da
metadata.dc.contributor.advisor1: Leite, Tisa Echevarria
metadata.dc.contributor.referee1: Leite, Tisa Echevarria
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Anelise Afonso
metadata.dc.contributor.referee3: Segabinazzi, Luciane Rumpel
metadata.dc.description.resumo: Diante da importância de uma boa sanidade de ovelhas em reprodução para a obtenção de resultados satisfatórios de produção, a realização deste trabalho teve por objetivo verificar a correlação entre a sanidade das ovelhas da raça Corriedale e Romney Marsh no periparto com o desenvolvimento dos cordeiros. O trabalho foi desenvolvido em uma propriedade rural particular na cidade de Bagé no período de maio à agosto de 2016, com avaliação de 17 matrizes. No experimento foi avaliado o escore de condição corporal, foram feitas coletas de fezes para realização de ovos por grama de fezes, e quinzenalmente coletas de sangue para análises de hemograma e exames bioquímicos até os 30 dias de lactação, e pesagem dos cordeiros ao nascer, aos 15 e 30 dias de idade. A idade média das ovelhas foi de 3 anos, sendo mais de 70% apresentando 6 a 8 dentes e 82,35% com condição corporal igual ou inferior a 2,5. A idade das ovelhas não teve correlação com o peso dos cordeiros nos períodos avaliados. Condição corporal materna foi correlacionada significativamente com os pesos dos cordeiros aos 15 e 30 dias de vida, assim como OPG foi negativamente correlacionado com o peso ao nascer dos cordeiros. As concentrações de albumina ao parto foram significativamente correlacionadas com o peso dos cordeiros ao nascimento e aos 15 dias de idade, enquanto que as concentrações de colesterol no pré-parto e pós-parto foram significativamente correlacionadas com o peso dos cordeiros ao nascimento, aos 15 dias e 30 dias de idade. A partir dos resultados observados conclui-se que os níveis nutricionais e sanitários maternos podem influenciar no desenvolvimento dos cordeiros.
Abstract: Against of the importance of a good sanity of breeding sheep for the getting of satisfactory production results, the accomplishment of this work had as objective to verify the correlation between the sanity of sheep of the Corriedale and Romney Marsh races in the peripartum with the development of lamb. The work was developed in a private property in Bagé city in the period of may until august of 2016, with evaluation of 17 breeding. In the experiment it was avaluated the ECC, stool samples were collected for the realize of OPG, and fortnightly, blood collections for blood counts tests and biochemical tests until the 30 days of lactation, and weighing of lambs at birth, at 15 and 30 days of age. The average age of the sheep was 3 years, being more than 70% presenting 6 to 8 teeth and 82,35% with equal or lower body condition to 2,5. The age of the sheep it wasn’t correlated with the weight of the lambs in the avaluated periods. The maternal body condition was significantly correlated with the weight of the lambs at 15 and 30 days of life as well as OPG was negatively correlated with lambs’ birth weight. Albumin concentrations at birth were significantly correlated with lamb weight at birth and at 15 days of age, while prepartum and postpartum cholesterol concentrations were significantly correlated with lamb weight at birth at 15 days and 30 days old. From the observed results, it can be concluded that maternal nutritional and sanitary levels can influence the development of lambs.
Keywords: Crescimento
Ovinos
Perfil metabólico
Periparto
Sanidade
Growth
Sheep
Metabolic profile
Peripartum
Sanity
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Dom Pedrito
Citation: ROSA, Franciela Rocha da. Correlação entre saúde materna e o desenvolvimento do cordeiro. 2017. 55 f. Trabalho de Conclusão (Graduação) – Curso de Bacharelado em Zootecnia, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito, RS.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3054
Issue Date: 4-Jul-2017
Appears in Collections:Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FRANCIELA ROCHA DA ROSA.pdfFRANCIELA ROCHA DA ROSA 2017662,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.