Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3048
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Revisão de literatura: aspectos anatomofisiológicos e comportamentais do processo ingestivo em equinos
metadata.dc.creator: Roque, Caroline Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: Neves, Adriana Pires
metadata.dc.contributor.referee1: Neves, Adriana Pires
metadata.dc.contributor.referee2: Joner, Guilherme
metadata.dc.contributor.referee3: Fontoura Júnior, José Acélio Silveira da
metadata.dc.description.resumo: Desde de a pré-história a fonte alimentar dos equinos são as pastagens. Estes são animais herbívoros, que possuem o ceco funcional, muito bem desenvolvido, e estômago pequeno em relação ao seu tamanho, assim sua alimentação deve ser constante. Com sua evolução, os equinos foram desenvolvendo estratégias de pastejo que permitem melhor seleção da dieta. A observação e a avaliação do comportamento animal pode ser um aliado para melhor manejá-los. A utilização de pastagem é a forma mais econômica para a alimentação dos mesmos e permitem a liberdade dos animais admitindo que expressem seus comportamentos naturais, além de ter função nutricional, diminuindo o aparecimento de transtornos digestivos e comportamentais. Vários são os fatores envolvidos no sistema produtivo de equinos em pastagens, como as plantas, os animais, o clima, a disponibilidade e quantidade de alimento, o tempo de pastejo, ócio, etc., onde o comportamento ingestivo de equinos em pastagens se relaciona com todas as partes deste sistema. O conhecimento desta relação é importante para nortear o manejo e utilização das pastagens destinadas à alimentação dos equinos. Isto traz benefícios para os animais, em função das características anatômicas, fisiológicas e comportamentais da espécie.
Abstract: The natural food source of equines, since prehistory, are pasture. These are herbivorous animals, which have functional caecum, very well developed and small stomach in relation to their size, so their feeding must be constant. With their evolution, the equines were developing strategies of grazing that allow better selection of the diet. Observation and evaluation of animal behavior may be an ally to better manage them. The use of pasture is the most economical way to feed them and allow the freedom of animals admitting that they express their natural behaviors, in addition to having nutritional function, reducing the appearance of digestive and behavioral disorders. Several factors are involved in the equine productive system in pastures, such as plants, animals, climate, availability and quantity of food, time of grazing, leisure, etc., where ingestive behavior of equine pastures is related With all parts of this system. Knowledge of this relationship is important to guide the management and use of pastures for feeding horses. This brings benefits to the animals, depending on the anatomical, physiological and behavioral characteristics of the species
Keywords: Cavalo
Dieta
Preferência
Seleção
Horse
Diet
Preference
Selection
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Dom Pedrito
Citation: ROQUE, Caroline Rodrigues. Revisão de literatura: aspectos anatomofisiológicos e comportamentais do processo ingestivo em equinos. 2017. 33 f. Trabalho de Conclusão (Graduação) – Curso de Bacharelado em Zootecnia, Universidade Federal do Pampa, Dom Pedrito, RS.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/3048
Issue Date: 29-Jun-2017
Appears in Collections:Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAROLINE RODRIGUES ROQUE.pdfCAROLINE RODRIGUES ROQUE 2017520,73 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.