Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2715
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Produção de biodiesel de óleo de soja (Glycine max) via transesterificação In situ
metadata.dc.creator: Domingues, Ludiele Siuch da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Taveira, Luciano Vieceli
metadata.dc.contributor.referee2: Souza, Tânia Regina de
metadata.dc.contributor.referee3: Galio, Alexandre Ferreira
metadata.dc.description.resumo: O biodiesel é um combustível obtido através da transesterificação de óleos e gorduras na presença de um álcool e um catalisador. Tal processo pode ser feito com o óleo extraído da oleaginosa ou ainda através do contato direto da semente com o álcool, o qual é chamado de transesterificação in situ. Nesse contexto, o presente trabalho apresenta uma revisão dos principais métodos e materiais utilizados na produção de biodiesel, enfocando na transesterificação in situ, a qual é considerada uma técnica de segunda geração. No procedimento experimental, utilizou-se uma relação molar óleo: metanol:catalisador de 1:226:1,6 para catálise com hidróxido de sódio; para catálise com hidróxido de potássio, utilizou-se 5% em relação à massa de soja. Observou-se, no entanto, dificuldade na separação dos produtos após a reação. Foi feita a cromatografia de camada delgada, a fim de caracterizar a formação de biodiesel, obtendo-se resultado positivo para a formação de ésteres, apesar de que em pequena quantidade. Conclui-se que devem ser ampliadas as pesquisas sobre esse procedimento na obtenção de biodiesel, mas com a utilização de outras opções de oleaginosas, as quais podem ser exploradas devido à vasta gama destas encontradas no Brasil.
Abstract: Biodiesel is a fuel obtained by transesterifying oils and fats in the presence of an alcohol and a catalyst. Such a process can be carried out with the oil extracted from the oilseed or by direct contact of the seed with alcohol, which is called in situ transesterification. In this context, the present work consists of a review of the main methods and materials used in the biodiesel production, focusing on in situ transesterification, which is considered a second-generation technique. In the experimental procedure, an oil:methanol:catalyst molar ratio of 1:226:1.6 was used for catalysis with sodium hydroxide; for catalysis with potassium hydroxide, 5% was used in relation to the mass of soybean. It was observed, however, difficulties on the separation of the products after the reaction. Thin layer chromatography was performed to characterize the formation of biodiesel, indicating a positive result for the formation of esters, although in a small amount. It is concluded that researches on this procedure to obtain biodiesel, but with the use of other options of oilseeds, that can be exploited due to the wide range of these found in Brazil, should be expanded.
Keywords: Engenharia
Engenharia de energias renováveis
Energias renováveis
Biocombustíveis
Biodiesel
Soja
Transesterificação in situ
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Bagé
Citation: DOMINGUES, Ludiele Siuch da Silva. Produção de biodiesel de óleo de soja (Glycine max) via transesterificação In situ. 46 p. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Energias Renováveis) – Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, Bagé, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2715
Issue Date: 15-Dec-2017
Appears in Collections:Engenharia de Energias Renováveis e de Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Ludiele Domingues 2017.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.