Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2564
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Consciência morfológica e alfabetização em língua materna: o impacto da aprendizagem de inglês como língua adicional
Autor(es): Peralta, Camila da Luz
Primeiro Orientador: Assumpção, Simone Silva Pires de
Resumo: Este Trabalho de Conclusão de Curso surgiu do questionamento sobre se há benefícios da aprendizagem de inglês como língua adicional em relação à consciência morfológica e ao processo de alfabetização em língua materna. O objetivo geral desta pesquisa foi analisar o desempenho de crianças do 2o ano do ensino fundamental em tarefas de conhecimentos de língua inglesa, avaliando suas implicações para a consciência morfológica a alfabetização em língua materna. Para tanto, a metodologia desenvolvida para este trabalho é composta de dois testes de conhecimento de língua inglesa e seis tarefas de consciência morfológica, além de uma produção escrita por alunos em fase de alfabetização. À luz do Modelo de Resdescrição Representacional, de Karmilloff-Smith (1992) e Lorandi e Karmiloff-Smith (2012), foram analisados níveis de conhecimento de consciência morfológica e de língua inglesa em que as crianças se encontravam. Os dados desta pesquisa parecem revelar que há benefícios mensuráveis propiciados pela aprendizagem de inglês em relação à consciência morfológica e à alfabetização em língua materna.
Abstract: This work emerged of the question about whether there are benefits from learning English as an additional language in relation to morphological awareness and the literacy process in the mother tongue. The general goal is to analyze the performance of children in their first year of elementary school in a morphological awareness task and English language skills, assessing their implications for literacy in their mother tongue. The methodology developed for this study is composed of two English language skills tests and six tasks on morphological awareness. Moreover, children produced written texts. Based on the Representational Redescription model, by Karmiloff-Smith (1992), and Lorandi and Karmiloff-Smith (2012), the levels of knowledge presented by children were analyzed. Data seem to reveal that there are measurable benefits afforded by learning of English in relation to morphological awareness and literacy in children’s mother tongue.
Palavras-chave: Letras
Consciência morfológica
Aprendizagem de inglês
Alfabetização
Modelo de redescrição representacional
Cognição
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Bagé
Citação: PERALTA, Camila da Luz. Consciência morfológica e alfabetização em língua materna: o impacto da aprendizagem de inglês como língua adicional. 55p. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Letras) – Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, Bagé, 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2564
Data do documento: 9-Dez-2015
Aparece nas coleções:Licenciatura em Letras - Português

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Camila da Luz Peralta 2015.pdf2,3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.