Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2518
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Questões sociais em debate no Youtube: análise do canal “Afros e afins”
metadata.dc.creator: Souza, Rebeca Karen de
metadata.dc.contributor.advisor1: Feitosa, Sara Alves
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como tema o uso dos espaços digitais, como a plataforma do YouTube, para discutir questões sociais e raciais como forma de empoderamento negro. Buscou-se entender de que maneira o canal “Afros e Afins” da youtuber Nátaly Neri traz para debate questões raciais e o empoderamento negro; Buscando identificar e caracterizar a ação que o canal realiza no mês de novembro com a hashtag #YouTubeNegro. Este trabalho se justifica por abordar uma temática atual e pouco tratada na comunicação como racismo, questões de gênero, moda e sustentabilidade. O referencial teórico utiliza parte do entendimento sobre o contexto histórico da constituição da desigualdade racial no Brasil, bem como os aspectos sociais e culturais que envolvem a publicidade como fator de exclusão e um dos espaços de expressão da falta de representatividade da população negra. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com uso de entrevista com a produtora do canal; uso de pesquisa bibliográfica, observação e análise de conteúdo de vídeos do canal “Afros e Afins”. O trabalho procura entender como a esfera digital tem se tornado cada vez mais espaço de formação de opiniões e exposição chegando a ser pensado por esta pesquisa como lugar de Educomunicação. Isso porque o canal “Afros e Afins” aborda suas temáticas de modo que seus seguidores possam conhecer e compreender temas complexos com uma linguagem acessível.
Abstract: This work has as theme the use of digital spaces, as the YouTube platform, to discuss social and racial questions as a form of black empowerment. Sought to understand in what way the channel “Afros e Afins” from the youtuber Nátaly Neri brings to debate social questions and the black empowerment; Seeking to identify and characterize the action that the channel performs in November with the hashtag #YouTubeNegro. This work is justified by approaching a current thematic and little discussed in the communication as racism, gender questions, fashion and sustainability. The theoretical referential uses part of the understanding about historical context of constitution of racial inequality in Brazil, as well the social and cultural aspects that involves the advertising as exclusion factor and ones of the expression spaces of the lack of representation of the black population. It is a qualitative research with use of interview with the channel producer; use of bibliographic research, observation and content analysis of videos from the channel “Afros e Afins”. The work seeks to understand how the digital sphere has become more and more space for opinions formation and exposure, come to be thought by this research as place of Educommunication. This because the channel “Afro e Afins” approach its thematics in a way that it followers can know and understand complexes themes with and accessible language.
Keywords: Publicidade
Comunicação
Mídia digital
Racismo
Relações raciais
Negros
Communication
Publicity
Digital media
Race relations
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus São Borja
Citation: SOUZA, Rebeca Karen de. Questões sociais em debate no Youtube: análise do canal “Afros e afins”. 61p. 2017. Trabalho de Conclusão do Curso (Graduação em Publicidade e Propaganda) - Universidade Federal do Pampa, Campus São Borja, São Borja, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2518
Issue Date: 8-Dec-2017
Appears in Collections:Publicidade e Propaganda

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REBECA KAREN DE SOUZA (2017).pdf1,7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.