Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2406
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Educação de jovens e adultos: dos discursos de alunos evadidos à construção de uma proposta pedagógica e intercultural com as linguagens
metadata.dc.creator: Bosco, Débora de Macedo Cortez
metadata.dc.contributor.advisor1: Dornelles, Clara Zeni Camargo
metadata.dc.contributor.referee1: Dornelles, Clara Zeni Camargo
metadata.dc.contributor.referee2: Simões, Luciene Juliano
metadata.dc.contributor.referee3: Giovani, Fabiana
metadata.dc.description.resumo: Partindo da minha atuação enquanto colaboradora na gestão da Educação de Jovens e Adultos e visando problematizar sobre a evasão na EJA e possiblidades de diminuí-la por intermédio de uma proposta que trabalhasse a Língua Portuguesa nas perspectivas da concepção de língua como interação e de interculturalidade, busquei nesta pesquisa responder às seguintes perguntas: Quais os discursos sobre evasão que se constituem na voz dos alunos evadidos da EJA? Como estabelecer diálogos entre evadidos e alunos da EJA no desenvolvimento de atividades pedagógicas com as linguagens? Para tal, apoiei-me teoricamente em questões legais sobre Educação de Jovens e Adultos (LDB, 1996), práticas pedagógicas que levam à cidadania (FREIRE; NOGUEIRA, 1989), peculiaridades da EJA (PINTO, 2000; OLIVEIRA; EITERER, 2014), evasão na EJA (UNICEF, 2014; SOUZA, 2011), estudos sobre a importância do diálogo entre os sujeitos, também no âmbito escolar (BAKHTIN, 1997; FREIRE, 1996; CLARK, 2008; FREIRE, 2011), discussões sobre interculturalidade (TORQUATO, 2013) e cultura escolar (TURA, 1999), problematizações a respeito do gênero discursivo (BAKHTIN, 1997; LOUKILI, 2009), estudos culturais em educação (SILVA, 1995), letramentos (ROJO, 2009), identidade e currículo (SILVA, 2007), leitura e autoria (SIMÕES; FILIPOUSKI; MARCHI; RAMOS, 2012), concepção de língua como interação (GERALDI, 2010), interdisciplinaridade (POMBO, 2014) e exotopia (BAKHTIN, 1997; TORQUATO, 2014). Utilizando as metodologias qualitativa, interpretativista e da pesquisa-ação, com embasamento na Linguística Aplicada, primeiramente, ouvi o relato dos evadidos, os quais foram gravados em audiovisual, no intuito de elencar os motivos que os levaram à evasão analisando e interpretando as linguagens verbais e não-verbais dos discursos, bem como, para evidenciar alguns aspectos culturais, incluindo suas trajetórias de escolarização, que constituem suas identidades. Na sequência tinha a intenção de ter as falas dos entrevistados como atividade desencadeadora no desenvolvimento de um curso ofertado aos professores, que intencionava fomentar o trabalho com as linguagens, em uma perspectiva interdisciplinar, por todos os componentes curriculares. Porém, a adesão dos professores foi extinguindo-se no decorrer do processo, então precisei encerrar tal oferta e redimensionar a proposta. Em um segundo momento, meu trabalho passou a ser com uma turma de EJA (T4), com a qual apliquei uma unidade de aprendizagem cujo tema foi ―Diálogos entre evadidos e alunos da EJA‖, contemplando os gêneros relato pessoal (utilizando aqui as entrevistadas como atividade desencadeadora do projeto), carta e poesia musicada. As atividades propostas visaram oportunizar a leitura e a interpretação dos referidos textos de circulação social, com ênfase no desenvolvimento de habilidades para (re)escrever, dialogar, argumentar e contraargumentar, em um trabalho intercultural e interdisciplinar a partir das linguagens. A última etapa da pesquisa consistiu na análise dos dados produzidos, reelaboração e ampliação da unidade de aprendizagem, tomando-se como base os resultados de seu desenvolvimento em aula e definindo o produto pedagógico final desta dissertação. Os resultados da pesquisa evidenciaram a importância do diálogo entre os sujeitos pesquisados. Também, a relevância do trabalho com gêneros discursivos na sala de aula, pois trabalhou a diversidade cultural a partir dos discursos interculturais legitimados pelas situações reais de interlocução, enriquecendo a proposta com as linguagens e com a formação crítica dos sujeitos por intermédio dos posicionamentos de suas identidades. Por fim, pela mudança de perspectiva que precisei ter neste trabalho, mostrei, embora tenha sido uma prática sucinta, que o professor pode atuar produzindo e implementando atividades didáticas que aliem os interesses dos discentes, contemplem suas culturas e estabeleçam situações legítimas de interlocução entre os sujeitos escolares.
Abstract: From my performance as a collaborator in the Education of Youth and Adults (EJA) and aiming to problematize truancy at EJA and possibilities of reducing it by means of a proposal that studied the Portuguese Language in perspectives of the conception of language as interaction and interculturality, I sought in this research to answer the following questions: What are the discourses about truancy made by the voices of EJA‘s truants? How to establish dialogues between truants and EJA‘s students in the development of pedagogical activities related to languages? In order to do such, I supported myself theoretically in legal matters about Education of Youth and Adults (LDB, 1996), pedagogical practices that lead to citizenship (FREIRE; NOGUEIRA, 1989), EJA‘s peculiarities (PINTO, 2000; OLIVEIRA; EITERER, 2014), truancy at EJA (UNICEF, 2014; SOUZA, 2011), studies about the importance of dialogue between subjects, also in school environment (BAKHTIN, 1997; FREIRE, 1996; CLARK, 2008; FEIRE, 2011), discussions about interculturalism (TORQUATO, 2013) and school culture (TURA, 1999), problematizations about the genre (BAKHTIN, 1997; LOUKILI, 2009), cultural studies on education (SILVA, 1995), literacies (ROJO, 2009), identity and curriculum (SILVA, 2007), reading and authorship (SIMÕES; RAMOS; MARCHI; FILIPOUSKI, 2012), conception of language as interaction (GERALDI, 2010), interdisciplinarity (POMBO, 2014) and exotopy (BAKHTIN, 1997; TORQUATO, 2014). Using the qualitative, interpretivist, and research-action methodologies, based on Applied Linguistics, initially, I heard the reports from truants, which have been recorded in audiovisual, in order to list the reasons that led them to truancy analyzing and interpreting the verbal and non-verbal languages of discourse, as well as, to point some cultural aspects, including their schooling trajectories, which constitute their identities. Then I aimed to have the lines from the interviewees as a triggering activity in the development of a course offered to teachers, intended to foment the work done with languages, in an interdisciplinary perspective, by all curricular components. However, the support from teachers diminished along the process, so I needed to close said offer and resize the proposal. In a second moment, I started working with an EJA (T4) class, which I administered a learning unit with ―Dialogues between truants and EJA students‖ as a theme, contemplating the personal report (using here the interviews as a triggering activity for the project), letter and musical poetry. The activities proposed sought to provide reading and interpretation of stated texts of social circulation, with emphasis on the development of (re)writing, dialoguing, arguing and counter-arguing skills, in an intercultural and interdisciplinary work based on languages. The last stage of the research consisted on the analysis of data produced, redesigning and amplification of the learning unit, supported by the results of its development in class and defining the final pedagogical product of this dissertation. Results from the research pointed out the importance of dialogue between the subjects. Also, the relevance of working with speech genres in the classroom, because it worked the cultural diversity from the intercultural speeches legitimated by real situations of interlocution, enriching the proposal with the language and with the critical formation of the subject through positioning of their identities. Lastly, because of the change of perspective I needed to have in this research, I showed, even though it was a subtle practice, that the teacher can act producing and implementing didactic activities that ally the interests from students, contemplate their cultures and establish legitimate situations of interlocution among school subjects.
Keywords: EJA
Ensino de Jovens e Adultos
Evasão
Discursos
Diálogo
Interculturalidade
Educação escolar
Educação
Ensino
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Bagé
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Ensino de Linguas
Citation: BOSCO, Débora de Macedo Cortez. Educação de jovens e adultos: dos discursos de alunos evadidos à construção de uma proposta pedagógica e intercultural com as linguagens. 217 p. 2015. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Línguas) – Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, Bagé, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2406
Issue Date: 4-Dec-2015
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Línguas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dis DÉBORA CORTEZ BOSCO 2015.pdf5,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.