Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2405
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Oralidade e tecnologias na escola pública: uma proposta para promover o engajamento estudantil nas aulas de língua inglesa no ensino fundamental
metadata.dc.creator: Lassen, Leandro Marcos
metadata.dc.contributor.advisor1: Irala, Valesca Brasil
metadata.dc.contributor.referee1: Irala, Valesca Brasil
metadata.dc.contributor.referee2: Cunha, Ana Paula de Araújo
metadata.dc.contributor.referee3: Amaral , Érico Marcelo Hoff do
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo é analisar a implementação de um material didático autoral de língua inglesa voltado a trabalhar a oralidade e incluir as Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTIC) em contexto escolar, através da pesquisa-ação. O material didático elaborado é composto por 4 unidades aplicadas em um período de 8 semanas, em uma turma de sexto ano de uma escola pública de Santa Maria/RS. Para falar sobre o ensino de língua inglesa na escola pública, o estudo foi embasado, principalmente, nos seguintes documentos e teóricos: PCNs (2000; 2002); LDB (1996); Referenciais Curriculares Estaduais (SEDUC/RS 2009); Irala e Leffa (2014); Leffa (2011); Almeida (2012) Rajagopalan (2011); Paiva (2011); Silva e Paiva (2016) e Micolli (2016). Dentro da sala de aula, o professor e os alunos são responsáveis pela busca do aprendizado. Leffa (2011, p.31) sugere que deva ser “criada uma linha de ação que contemple dialogicamente três etapas: (1) criar uma parceria entre professor e alunos, formando uma comunidade em sala de aula; (2) estabelecer, em conjunto, os objetivos que se almejam; (3) buscar os meios necessários para alcançar esses objetivos”. O engajamento escolar tem chamado a atenção de pesquisadores, educadores e legisladores de vários países, como fator chave para abordarem problemas como baixo rendimento, tédio e alienação estudantil, e altos índices de evasão escolar (FREDRICKS, BLUMENFELD, e PARIS 2004).De acordo com Stelko-Pereira et al. (2015, p. 207), pode-se definir engajamento escolar como “a relação que se estabelece entre o aluno e uma atividade escolar (Fredricks, Blumenfeld, & Paris, 2004; Julio, Vaz, & Fagundes, 2011) e a medida da motivação dos alunos a aprender e a ter um desempenho satisfatório na escola (Gouveia, 2009)”. Fredricks, Blumenfeld & Paris (2004, 62-64) definem o conceito de engajamento como sendo multifatorial, apresentando três dimensões: engajamento comportamental, engajamento emotivo e engajamento cognitivo. A partir da aplicação de um questionário de necessidades e interesses, foram planejadas aulas envolvendo o uso das NTIC existentes na escola e também os equipamentos dos próprios alunos. O planejamento inicial precisou ser alterado devido a mudanças no quadro de horário da escola e dificuldades técnicas, como instabilidade de sinal de Internet e restrições ao uso do laboratório de informática da escola. Apesar de dificuldades de estrutura e organização escolar, foi notada a possibilidade de utilização da produção oral em língua inglesa, de conhecimento contextualizado, de input compreensível, e ferramentas de NTIC em atividades para motivar o engajamento dos alunos. Ao final da aplicação, 5 vídeos foram produzidos e carregados no canal da turma no YouTube. As atividades de gravação de vídeo para o YouTube e Quiz online no site kahoot.com destacaram-se como as preferidas na avaliação dos alunos.
Abstract: The objective of this study is to analyze the implementation of an English-language authorial didactic material (ADM) focused on oral language production and on including the New Information and Communication Technologies (NICT) in an elementary school through action research. The didactic material is composed of 4 Units, applied over a period of 8 weeks in a sixth grade class of a public school in Santa Maria / RS. To approach English language teaching in Brazilian public schools, this study was based mainly on the following documents and researchers: PCNs (2000; 2002); LDB (1996); Referenciais Curriculares Estaduais (SEDUC/RS 2009); Irala and Leffa (2014); Leffa (2011); Almeida (2012); Rajagopalan (2011); Paiva (2011); Silva and Paiva (2016), and Micolli (2016). When inside the classroom, the teacher and students are responsible for the learning process. Leffa (2011, p.31) suggests that a line of action should be created, which contemplates three stages: (1) to create a partnership between teacher and students, forming a community in the classroom; (2) to establish, jointly, the objectives that are sought; (3) to seek the means necessary to achieve these goals”. School engagement has attracted the attention of researchers, educators, and legislators from various countries as a key factor in tackling problems such as low achievement, high levels of boredom and student alienation, and high dropout rates (FREDRICKS, BLUMENFELD, and PARIS 2004). According to Stelko-Pereira et al. (2015, p. 207), school engagement can be defined as "the relationship that is established between the student and a school activity" (Fredricks, Blumenfeld, & Paris, 2004; Julio, Vaz, & Fagundes, 2011) and the measure of students' motivation to learn and to perform satisfactorily at school (Gouveia, 2009) ". Fredricks, Blumenfeld & Paris (2004, 62-64) define the concept of engagement as multifactorial, presenting three dimensions: behavioral engagement, emotional engagement and cognitive engagement. Based on the application of a questionnaire of needs and interests, classes were planned involving the use of the NICT available at the school and the mobile devices from the students themselves. Initial planning needed to be altered due to changes in the school's schedule and technical difficulties, such as Internet signal instability and restrictions on the use of the school's computer lab. In spite of the difficulties in school structure and organization, it was noted the possibility of using oral production in English, contextualized knowledge, comprehensible input, and NICT tools in activities to motivate student engagement. At the end of the ADM implementation, 5 videos were produced and uploaded to the group’s channel on YouTube. The video recording activities for YouTube and the quizzes online on the website kahoot.com were highlighted as the preferred ones in students’ assessments.
Keywords: Ensino de línguas adicionais
Ensino de línguas
Ensino fundamental público
Novas Tecnologias da informação e comunicação
Tecnologia
Ensino de inglês
Engajamento estudantil
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Bagé
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Ensino de Linguas
Citation: LASSEN, Leandro Marcos. Oralidade e tecnologias na escola pública: uma proposta para promover o engajamento estudantil nas aulas de língua inglesa no ensino fundamental. 133 p. 2017. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Línguas) – Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, Bagé, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2405
Issue Date: 4-Dec-2017
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Línguas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.LeandroM.Lassen.pdf6,63 MBAdobe PDFView/Open
MDA.LeandroM.Lassen.pdf2,48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.