Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2116
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Kosteski, Luis Eduardo-
dc.creatorBandeira, Matthews Vargas Vaucher-
dc.date.accessioned2018-01-19T13:19:08Z-
dc.date.available2018-01-19T13:19:08Z-
dc.date.issued2017-12-01-
dc.identifier.citationBANDEIRA, Matthews Vargas Vaucher. Análise da variação da resistência à compressão axial do concreto com a direção da aplicação de carregamento e com as condições de contorno. 75p. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Pampa, Campus Alegrete, Alegrete, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2116-
dc.description.abstractIt is known that the properties presented by concrete are originate from its internal microstructure, therefore the knowledge of the same is essential for the improvement and innovation of the civil construction. In this context it is important to emphasize that there are microregions that represent the weakest link of the set, corresponding to areas that during the element request initiate the cracking process of the material, located between the cement paste and the aggregates, called transition zones. The present study verifies how representative these regions are in relation to the axial compressive strength of concrete test specimen, due to the direction of application on the loading of concrete launching, since the provisions of these microregions are related to the direction of launch and which according to the loading direction these zones can become even more fragile. The work also analyzes how the specimens behave in relation to cracking and resistance when modified the boundary conditions in the execution of the tests. At the end of experimental procedures a numerical analysis was carried out using the Lattice Discrete Element Method (LDEM) and the Finite Element Method (FEM) applied in commercial software Abaqus / Explicit. For the development of the work cubic specimens of dimensions of 10 cm from three concrete traces were produce in the case of 30 MPa, 50 MPa and 65 MPa. When the parallel loading to the concrete launch was applie, higher average strengths were obtainad than when the load was applied perpendicular to the launch. Regarding the boundary conditions, it was verified that when the specimens are with their faces restricted, there is a significant increase of resistance due to the confinement of triaxial tensions generated, this behavior could also be verified in the numerical simulations.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Cátia Araújo (catia.araujo@unipampa.edu.br) on 2018-01-19T12:29:06Z No. of bitstreams: 1 Matthews Vargas Vaucher Bandeira - 2017.pdf: 3242472 bytes, checksum: bff64200bda61810aaa1c1a34c52da2f (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Cátia Araújo (catia.araujo@unipampa.edu.br) on 2018-01-19T13:19:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Matthews Vargas Vaucher Bandeira - 2017.pdf: 3242472 bytes, checksum: bff64200bda61810aaa1c1a34c52da2f (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-01-19T13:19:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Matthews Vargas Vaucher Bandeira - 2017.pdf: 3242472 bytes, checksum: bff64200bda61810aaa1c1a34c52da2f (MD5) Previous issue date: 2017-12-01en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pampapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEngenharia civilpt_BR
dc.subjectConcretopt_BR
dc.subjectResistênciapt_BR
dc.subjectCompressão axialpt_BR
dc.subjectCivil engineeringpt_BR
dc.subjectConcretept_BR
dc.subjectResistancept_BR
dc.subjectAxial compressionpt_BR
dc.titleAnálise da variação da resistência à compressão axial do concreto com a direção da aplicação de carregamento e com as condições de contornopt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.publisher.initialsUNIPAMPApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIASpt_BR
dc.description.resumoSabe-se que as propriedades apresentadas pelo concreto se originam de sua microestrutura interna, sendo assim é essencial o conhecimento da mesma para o aperfeiçoamento e inovação da construção civil. Nesse contexto, é importante ressaltar que existem microrregiões que representam o elo mais fraco do conjunto, correspondendo a áreas que durante a solicitação do elemento iniciam o processo de fissuração do material, localizadas entre a pasta de cimento e os agregados, chamadas de zonas de transição. O presente estudo verifica o quão representativo são essas regiões em relação à resistência a compressão axial de corpos de prova de concreto divergindo a direção de aplicação do carregamento da de lançamento do concreto visto que as disposições destas microrregiões estão relacionadas à direção de lançamento e que de acordo com a direção do carregamento estas zonas podem se tornar ainda mais frágeis. O trabalho ainda analisa como os corpos de prova se comportam em relação à fissuração e resistência quando modificado as condições de contorno na execução dos ensaios. Ao final dos procedimentos experimentais realizou-se uma análise numérica através do Método dos Elementos Discretos Formados por Barras (LDEM) e o Método dos Elementos Finitos (FEM) aplicados no software comercial Abaqus/Explicit. Para o desenvolvimento do trabalho, produziram-se corpos de prova cúbicos de dimensões de 10 cm, a partir de três traços de concreto, no caso de 30 MPa, 50 MPa e 65 MPa. Quando se aplicou o carregamento paralelo ao lançamento do concreto, obtiveram-se resistências médias mais elevadas do que quando o carregamento foi aplicado perpendicular ao lançamento. Em relação às condições de contorno, verificou-se que quando os corpos de prova estão com suas faces restringidas, há um acréscimo significativo de resistência devido ao confinamento de tensões triaxiais, comportamento que também pôde ser verificado nas simulações numéricas.pt_BR
dc.publisher.departmentCampus Alegretept_BR
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Matthews Vargas Vaucher Bandeira - 2017.pdf3,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.