Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2049
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Agricultura familiar e os mercados institucionais: análise do programa nacional de alimentação escolar
Autor(es): Pereira, Josiane Castro
Primeiro Orientador: Troian, Alessandra
metadata.dc.contributor.referee1: Gonçalves, Margarete Leniza Lopez
metadata.dc.contributor.referee2: Sopeña, Mauro Barcellos
Resumo: A agricultura familiar passa a ter destaque a partir dos anos 1990, a partir do reconhecimento acadêmico como categoria social e analítica e do Estado com a criação de políticas específicas como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), criado em 1996. No Brasil, somente nas últimas décadas é que os olhares se voltam para os agricultores familiares. Mesmo dentro de um cenário que guia ao desenvolvimento, a agricultura familiar enfrenta vários entraves e desafios no acesso aos mercados. Ao se falar de uma maneira mais ampla dos mercados, essas barreiras encontram-se desde o acesso a terra, ao crédito e às inovações tecnológicas. A partir deste contexto, o objetivo do presente estudo é analisar a dinâmica do Programa Nacional de Alimentação Escolar como um canal de comercialização para agricultura familiar no período de 2009 a 2014. Para alcançar este objetivo primeiramente foi realizada a caracterização da agricultura familiar e os mercados institucionais, sendo apresentado logo após o Programa Nacional de Alimentação Escolar desde sua criação até as modificações recentes. Para responder o objetivo maior do presente estudo, verificou-se a evolução na disponibilidade de crédito e o número de acesso no período de 2009 a 2014, bem como a identificação dos entraves e desafios que os agricultores familiares encontram para acessar o Programa Nacional de Alimentação Escolar. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa e exploratória, a técnica utilizada foi à revisão bibliográfica a partir da análise de dados secundários obtidos no site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Como principais resultados tem-se que a dinâmica dos programas alimentares como o PNAE garantem uma alimentação fresca, saudável e com alimentos de qualidade de acordo com hábitos e cultural local, além de impulsionar o desenvolvimento da agricultura familiar através do escoamento de sua produção no acesso ao mercado institucional. Destacase ainda que há uma evolução crescente nos valores repassados pelo programa, mesmo que o número de alunos tenha se estagnado durante o período analisado de 2009 a 2014. Em relação aos entraves e desafios sofridos pela agricultura familiar no acesso ao PNAE, os gargalos a serem enfrentados são diversos, porém uma das alternativas (para facilitar, auxiliar os agricultores no acesso ao PNAE) é inserção do agricultor em cooperativas e associações para que possa ser auxiliado no processo do programa.
Abstract: Family farming started to stand out from the 1990s, based on academic recognition as a social and analytical category, and the State, with the creation of specific policies such as the National Program for Strengthening Family Agriculture (PRONAF), created in 1996. In Brazil, it is only in the last decades that the eyes turn to the familiar farmers. Even within a scenario that guides development, family agriculture faces several barriers and challenges in accessing markets. When talking about markets in a broader way, these barriers range from access to land, credit and technological innovations. From this context, the objective of the present study is to analyze the dynamics of the National School Feeding Program as a commercialization channel for family agriculture in the period from 2009 to 2014. To achieve this objective, it was made the characterization of family farming and markets institutional frameworks, being presented soon after the National School Feeding Program from its creation to the recent modifications. To answer the main objective of the present study, it was verified the evolution of credit availability and the number of access in the period from 2009 to 2014, as well as the identification of the obstacles and challenges that the family farmers found to access the National Food Program School. The research is characterized as qualitative and exploratory; the technique used was a bibliographic review from the analysis of secondary data obtained on the website of the National Fund for Education Development. The main results are that the dynamics of food programs such as PNAE, guarantee a fresh, healthy, and quality food according to local cultural habits, as well as a boost to the development of family farming through the flow of their production in access to the institutional market. It is also worth noting that there is an increasing evolution in the amounts delivered through the program, even though the number of students has stagnated during the period analyzed. Regarding the obstacles and challenges suffered by family agriculture in access to PNAE, bottlenecks to be addressed are diverse, but one of the alternatives (facilitating, assisting farmers in accessing the PNAE) is to insert the farmer into cooperatives and associations so that he can be assisted in the program process.
Palavras-chave: Agricultura Familiar
Mercado Institucional
Alimentação Escolar
Desenvolvimento
Family Farming
Institutional markets
School Feeding
Development
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal do Pampa
Sigla da Instituição: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Santana do Livramento
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2049
Data do documento: 27-Nov-2017
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC- JOSIANE.pdfTCC Josiane Castro Pereira1,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.