Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2013
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Inclusão e socialização de pessoas com deficiência: um estudo de caso em uma empresa de supermercados
Other Titles: Inclusion and socialization of people with disabilities: a case study in a supermarket company
metadata.dc.creator: Silva, Mylena Lopes Iglesias da
metadata.dc.contributor.advisor1: Scherer, Laura Alves
metadata.dc.contributor.referee1: Fleck, Carolina Freddo
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Andressa Hennig
metadata.dc.description.resumo: A preocupação com a proteção das minorias está cada vez mais presente, tanto no contexto social, quanto no contexto organizacional. Grupos considerados vulneráveis devido a sexo, raça, crenças e deficiências entre outros, precisam ser protegidos de uma maioria excludente, que cerceia seus direitos por entender através de uma visão preconceituosa, que aqueles são menos importantes ou que não são merecedores de igualdade de oportunidades. Visando eliminar ou ao menos minimizar esse processo, organizações a nível mundial e os próprios governos de alguns países viram-se obrigados a intervir, criando ações e políticas afirmativas para a inclusão desses grupos minoritários. No Brasil, um exemplo dessas políticas para inclusão é a lei 8.213/91 que, em seu artigo 93, dispõe sobre a obrigatoriedade de contratação de um percentual de pessoas com deficiência nas empresas que possuam acima de 100 funcionários, observando seu número total de empregados. No entanto a inclusão por si só não é garantia de igualdade, uma vez que o preconceito existente pode resultar em discriminação no ambiente onde a pessoa pertencente a um grupo minoritário será inserido. É necessário, portanto, realizar ações de socialização dessas pessoas a fim de que atinjam um estágio de pertencimento ao ambiente. Com base nesse contexto, o objetivo geral deste trabalho é analisar como se dá o processo de inclusão e socialização de funcionários com deficiência em uma rede de supermercados. O setor supermercadista de Santana do Livramento foi escolhido para cenário desse estudo, por enquadrar-se no rol de empresas com mais de 100 funcionários, que necessitam atender à legislação. Visando atingir o objetivo, o referencial teórico buscou relacionar os conceitos de Inclusão e de Socialização de Pessoas com Deficiência nas Organizações. Como procedimentos metodológicos, realizou-se um estudo de caso, com abordagem qualitativa e pesquisa descritiva, cuja coleta de dados deu-se através de entrevistas semiestruturadas com três grupos: as pessoas com deficiência empregadas na organização, seus colegas de trabalho e seu gestor de recursos humanos. A análise de conteúdo foi realizada com base nas dimensões essenciais de Dubar (2005): Biográfica, utilizada para analisar a visão do deficiente sobre si; Relacional, analisando a visão dos colegas sobre o deficiente; e Organizacional, considerando a percepção da área de recursos humanos sobre as pessoas com deficiência na organização. Constatou-se como resultado, que as empresas ou não cumprem, ou cumprem parcialmente a determinação legal. No supermercado estudado a inclusão e a socialização ocorrem no dia a dia da empresa, conforme a sua cultura organizacional, sem uma política específica. Ressalta-se o fato que, apesar dessa carência de informações claras acerca da socialização, as pessoas com deficiência, bem como seus colegas e seu gestor, não percebem preconceitos ou discriminações. A pesquisa contribuiu com área de estudo, pois ao analisar esse processo, voltou a atenção para uma matéria delicada nas organizações e permitiu reflexões acerca do tema.
Abstract: Concern about the protection of minorities is increasingly present, both in the social context and in the organizational context. Groups that are considered vulnerable due to gender, race, beliefs and disabilities, among others, need to be protected from an exclusionary majority, which impairs their rights by understanding through a prejudiced view, that they are less important or that they do not deserve equal opportunities. In order to eliminate or at least minimize this process, organizations worldwide and the governments of some countries themselves have had to intervene, creating affirmative actions and policies for the inclusion of these minority groups. In Brazil, an example of such policies for inclusion is Law 8213/91 which, in its article 93, provides for the obligation to hire a percentage of persons with disabilities in companies with more than 100 employees, observing their total number of employees . However, inclusion alone is not a guarantee of equality, since the existing prejudice may result in discrimination in the environment where the person belonging to a minority group will be inserted. It is necessary, therefore, to carry out actions of socialization of these people in order to reach a stage of belonging to the environment. Based on this context, the general objective of this work is to analyze how the process of inclusion and socialization of disabled employees in a supermarket chain takes place. The supermarket sector of Santana do Livramento was chosen for the scenario of this study, because it falls within the list of companies with more than 100 employees, who need to comply with the legislation. In order to reach the objective, the theoretical reference sought to relate the concepts of Inclusion and Socialization of People with Disabilities in Organizations. As methodological procedures, a case study was carried out, with qualitative approach and descriptive research, whose data collection took place through semi-structured interviews with three groups: the disabled people employed in the organization, their co-workers and their manager human Resources. The content analysis was carried out based on the essential dimensions of Dubar (2005): Biographical, used to analyze the vision of the handicapped person; Relational, analyzing colleagues' views on the disabled; And Organizational, considering the perception of the human resources area about people with disabilities in the organization. It was found as a result, that the companies either fail to comply or partially comply with the legal determination.
Keywords: Administração
Gestão de pessoas
Inclusão
Necessidades especiais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.initials: UNIPAMPA
metadata.dc.publisher.department: Campus Santana do Livramento
Citation: Silva, Mylena Lopes Iglesias da. Inclusão e socialização de pessoas com deficiência: um estudo de caso em uma empresa de supermercados. Santana do Livramento: Unipampa, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/2013
Issue Date: 13-Nov-2016
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VERSÃO FINAL TCC Mylena.pdf527,06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.