Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/183
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação Odontológica de Equinos da Raça Crioula Mantidos em Sistema de Criação Extensivo
metadata.dc.creator: Leite, Carla Teixeira
metadata.dc.contributor.advisor1: Duarte, Claudia Acosta
metadata.dc.description.resumo: A raça Crioula, atualmente, está sendo direcionada para provas equestres de alta performance, o que exige alterações nas suas condições de criação. Hábitos e padrões alimentares determinam a saúde ou o comprometimento da mecânica bucal, que tem por finalidade reduzir o tamanho das partículas apreendidas e proporcionar adequada digestão e absorção de nutrientes. Dessa forma, estudos a respeito da odontologia equina nesta raça são imprescindíveis, a fim de melhor preparar e adaptar o cavalo atleta às novas condições de manejo e alimentação. Assim, o presente estudo teve por finalidade identificar e quantificar as afecções odontológicas, com o intuito de promover o conhecimento a respeito das alterações dentárias em equinos da raça Crioula, criados exclusivamente em regime extensivo. Foram utilizados 254 cavalos Crioulos de propriedades situadas no município de Uruguaiana/RS, machos e fêmeas, com idades superiores a dois anos. Os animais foram divididos em dois grupos de acordo com a categoria etária: ≤5 anos (G1) e >5 anos (G2). O diagnóstico baseou-se na anamnese, inspeção e palpação da face e cavidade oral, além de exame específico. Verificou-se que 25,0% dos animais do G1 e 30,0% do G2 apresentaram dois ou mais distúrbios odontológicos nos dentes incisivos, enquanto que este valor foi de 62,5% no G1 e 48,6% no G2 para um ou mais achados nos caninos; 44,2% dos animais do G1 e 38,7% do G2 tiveram três ou mais achados nos dentes 2o, 3o e 4o pré-molares e molares. A principal afecção que acometeu os incisivos foi curvatura irregular, em 47,1% dos animais ≤5 anos e, 46,7% dos >5 anos. Em relação aos caninos, o cálculo dentário ocorreu em 9,4% dos equinos ≤5 anos e em 35,7% dos >5 anos. A alteração de maior ocorrência no 2o, 3o e 4o pré-molares e molares foi ponta excessiva de esmalte em 95,2% dos animais do G1. Contudo, no G2, cálculo dentário foi observado em 86,0%. Apesar de todos os cavalos estudados serem criados extensivamente, as alterações dentárias foram muito frequentes na raça Crioula, sob estas condições de manejo.
Abstract: Crioulo breed is currently being targeted to high performance equestrian events, which require changing the conditions of their management system. Habits and eating patterns can determine health or decline in oral mechanics, which aim to reduce the size of the particles seized and provide adequate digestion and absorption of the nutrients. However, studies on equine dentistry in this breed are essential in order to better prepare and adapt athlete horse handling and feeding to new conditions. Thus, the present study aimed to identify and quantify the dental diseases, in order to promote knowledge about the dental changes in Crioulo breed horses, created exclusively under extensive system. 254 animals were used from properties located in Uruguaiana/RS. Males and females, upper two year-old were taken. The animals were divided into two groups according to age categories: ≤5 year-old (G1) and >5 year-old (G2). The diagnosis was based on clinical history, inspection and palpation of the face and oral cavity, in addition to specific examination. It was found that 25,0% of the animals in G1 and 30,0% in G2 showed two or more incisors disorders, while this figure was 62,5% in G1 and 48,6% in G2 for one or more findings in canines; 44,2% of the animals from G1 and 38,7% from G2 had three or more findings in 2nd, 3rd and 4th premolars and molars. The main condition which affected incisors was irregular curvature in 47,1% of animals ≤5 year-old and 46,7% for >5 year-old. Regarding canines, dental calculus occurred in 9,4% of horses ≤5 year-old and in 35,7% of >5 year-old. The largest change occurred in the 2nd, 3rd and 4th premolars and molars was excessive tips enamel in 95,2% of G1 animals. However, in G2, dental calculus was observed in 86,0%. Although all horses studied were breed extensively, dental changes were most common in the Crioulo breed, under these management conditions.
Keywords: Cavalos crioulos
Odontologia
Criação extensiva
Crioulo breed
Dentistry
Extensive system
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.department: Campus Bagé
URI: http://hdl.handle.net/riu/183
Issue Date: 24-Jun-2014
Appears in Collections:Mestrado e Doutorado em Ciência Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
127110022.pdf821,43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.