Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1665
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Durabilidade de concretos com adição de sílica da casca de arroz à penetração de íons cloretos
metadata.dc.creator: Mendes, Gabriel Gavião
metadata.dc.contributor.advisor1: Marangon, Ederli
metadata.dc.description.resumo: Os íons cloretos são os principais agentes iniciadores de corrosão de armaduras em estruturas de concreto armado, isso se deve a sua capacidade de destruir a película passivadora gerada pelo cimento Portland. O objetivo deste trabalho é estudar os efeitos da adição de sílica da casca arroz, obtida por meio de queima em leito fluidizado, na durabilidade de concretos, a base de cimento Portland do tipo CPII-Z, frente à penetração de íons cloretos. Neste trabalho foram analisadas, além da mistura referência, outras três misturas, nas quais foi substituído o cimento Portland por sílica de casca de arroz, nos teores de 3%, 5% e 10%. Para a avaliação da durabilidade destes concretos a penetração de íons cloretos foram adotados dois métodos; ensaio acelerado de penetração de íons cloretos, e o ensaio de penetração de íons cloretos por imersão em solução salina. Também foram realizados ensaios de resistência à compressão axial para análise do comportamento mecânico dos concretos estudados. Os ensaios foram realizados aos 56 dias e aos 91 dias de idade. As amostras provenientes das misturas contendo sílica da casca de arroz apresentaram uma redução da profundidade média da penetração de íons cloretos e da carga passante, sendo que a mistura contendo 5% de sílica foi a que apresentou resultados mais satisfatórios, reduzindo em aproximadamente 25% o valor da carga passante no ensaio acelerado, realizado aos 91 dias. A profundidade média da penetração de cloretos nos ensaios de imersão foi de aproximadamente 37% menor para a mistura contendo 5% de sílica de casca de arroz em relação à mistura de referência.
Abstract: The chloride ions are the principals initiators agents of corrosion of armors in reinforced concrete structures, this happened due his capacity of destroy the passivation film generated for the Portland concrete (Neville, 1997). The objective this work is studies the effects of the addition of silica from rice husk, obtained by burn in layer fluidized, in the durability of concrete, based Portland cement of kind CPII-Z, front of penetration of chloride ions. In this work were analyzed, beyond of mixture reference, another three mixtures, what was substituted the Portland cement for silica from rice husk, in the levels of 3%, 5% and 10%. For the evaluation of durability this concretes of penetration chloride ions were adopted two methods: accelerated test of penetration of chloride ions, and the test of penetration of chloride ions for immersion in saline. Also were realized resistance tests for axial compression to analysis of mechanic comportment of studied concretes. The tests were realized to 56 days and to 91 years old. The samples from of silica from rice husk mixtures presented a reduction of average deepness of the penetration of chloride ions and of passing load, being that the mixture containing 5% of silica was that showed the best results, reducing in approximately 25% of the value the passing load in the accelerate test, realized to 91 days. The average depth of penetration of chlorides in the immersion tests was approximately 37% lower for the blend containing 5% silica rice husk compared to the reference mixture.
Keywords: Civil engineering
Concrete
Rice husk ash
Chloride
Durability
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1665
Issue Date: 14-Mar-2014
Appears in Collections:Engenharia Civil



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons