Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1642
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Análise comparativa entre tijolos cerâmicos e tijolos de solo - cimento
metadata.dc.creator: Angst, Eliana Reis
metadata.dc.contributor.advisor1: Marangon, Ederli
metadata.dc.description.resumo: Com as evoluções dos processos construtivos e o surgimento de novos materiais, considera-se indispensável a necessidade de se preservar o meio ambiente, já que, a cada dia, ocorre um aumento na escassez dos recursos naturais. Novas ideias e processos, visando a sustentabilidade estão surgindo, de modo a diminuir os impactos ambientais. Infelizmente, o setor de construção civil vem se caracterizando como um dos principais poluidores e causadores desses impactos. Há assim necessidade concreta de que atitudes sejam tomadas, sendo feita deste modo a escolha correta e consciente dos materiais de construção. Para tanto, é necessário identificar, entre tantos materiais disponíveis, aqueles que causam menores impactos ao meio ambiente, por meio de sua produção, utilização e disposição final. Feitas estas considerações, pode ser destacado o fato de que o solo é um material apropriado para as mais diversas aplicações construtivas, devido à sua abundância, facilidade de manuseio e obtenção e baixo custo. Como resultado o tijolo cerâmico é um dos produtos mais consumidos no mercado nacional. O mesmo é resultado do processo de queima do solo argiloso, modificado, primeiramente, em moldes, proporcionando assim diferentes formatos. Entretanto, juntamente com as novas ideias que visam a sustentabilidade, vêm chegando no mercado da construção civil os tijolos de solo-cimento, que não necessitam do processo de queima e assim não provocam desmatamento e emissões de CO2. Mas, com tudo, nota-se o pequeno número de publicações comparativas entre os dois tipos de tijolos. Assim, esse trabalho tem como objetivo comparar os tijolos cerâmicos e os de solo-cimento, ambos maciços, analisando os mesmos sob ponto de vista ambiental e também material. Para essa finalidade, foram primeiramente realizadas visitas à uma olaria e à uma fábrica de tijolos de solo-cimento e em sequência foram executados ensaios tais como: medições dos tijolos, ensaios de resistência à compressão e índice de absorção dos tijolos. Com a análise dos resultados, pode-se gerar um comparativo entre os processos de fabricação, concluindo-se e demonstrando-se que os tijolos de solo-cimento são mais ecológicos. Porém constatou-se que os mesmos tem um maior custo que os de tijolos cerâmicos. Sob ponto de vista construtivo, os dois tipos de tijolos obtiveram boa resistência e boa absorção. Concluiu-se que a escolha do tijolo acaba sendo realmente baseada na disponibilidade do produto e custo, e muitas vezes não na finalidade.
Abstract: With the developments of constructive processes and the emergence of new materials, it is considered essential to the need to preserve the environment, already that, every day, there is an increase in the shortage of natural resources. New ideas and processes, aiming at sustainability are emerging , so reducing the environmental impacts . Unfortunately, the construction industry has been characterized as one of the main polluters and causing those impacts. There is thus a need for concrete that attitudes are taken, being made in this way the correct choice and conscious of the materials of construction. For both, it is necessary to identify, among the many materials available, those that cause minor impacts to the environment, by means of its production, use and final disposal. Having Made these observations, it can be highlighted the fact that the soil is a suitable material for the most diverse applications constructive, due to its abundance, ease of handling and obtaining and in addition to the low cost. As a result the ceramic brick is one of the most widely used products in the domestic market. The same is the result of the firing process of the clayey soil, modified, first, in molds, thus providing various forms. However, along with the new ideas that aimed at sustainability, is coming on the market of civil construction the bricks of soil-cement, which do not require the burning process and thus do not cause deforestation and CO2 emissions. But, with everything, note the small number of publications comparative between the two types of bricks. Thus, this study aimed to compare the ceramic bricks and the soil-cement, both massive, analyzing the same under environmental point of view and also constructive. For this purpose, were first carried out visits to a local pottery and a brick factory soil-cement and in sequence were performed tests such as: measurements of bricks, tests for resistance to compression and absorption index of bricks. With the analysis of the results, you can generate a comparison of manufacturing processes, concluding and demonstrating that the ground-cement bricks are more environmentally friendly. But i noticed that they are a little more expensive than the bricks of the pottery. Under constructive point of view, the two types of bricks obtained good resistance and good absorption. The choice of brick ends up being really based on product availability and cost, and often not on purpose.
Keywords: Civil engineering
Ceramic bricks
Soil-cement bricks
Environmental impact
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1642
Issue Date: 24-Sep-2013
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análise comparativa entre tijolos cerâmicos e tijolos de solo - cimento.pdf3,81 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons