Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1467
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Caracterização química, atividades antioxidante, antileucêmica e antimicrobiana da própolis âmbar sul brasileira
metadata.dc.creator: Ferreira, Viviane Ulbrich
metadata.dc.description.resumo: A própolis é um composto utilizado pelas abelhas, com a finalidade de vedar a colmeia e evitar contaminações, que se destaca por suas atividades biológicas as quais têm sido muito estudadas para fins terapêuticos. Quando produzida por abelhas da espécie Apis mellifera a substância é composta por cerca de 50 % de resina vegetal misturada a enzimas presentes em sua saliva e cera. Este produto natural pode variar dependendo da origem botânica/geográfica e mais de 300 compostos já foram descritos. No caso do Brasil, existe grande variabilidade da composição química que é facilmente explicada pela sua grande biodiversidade. O objetivo deste trabalho foi analisar o perfil químico e as atividades antioxidante, antileucêmica e antimicrobiana da própolis de São Gabriel/Rio Grande do Sul, a qual denominamos própolis Âmbar, e comparar suas propriedades com as própolis brasileiras Vermelha e Verde. As análises do perfil químico foram realizadas pelas técnicas de GC-MS, HPLC e quantificação dos flavonoides e fenóis totais. A atividade antioxidante foi aferida pelas técnicas DPPH°, ABTS°+ e FRAP. A atividade antileucêmica foi analisada nas linhagens celulares K562, Jurkat e U937 pelos parâmetros de IC50, viabilidade, apoptose e ciclo celular. E a atividade antimicrobiana foi analisada aferindo-se o crescimento das espécies E. coli e S. aureus. Os resultados obtidos da análise por GC-MS das própolis Âmbar, dos dois anos coletados, identificam um total de 99 compostos dentre os quais apenas 16 foram identificados para as própolis Verde e Vermelha. Também foi possível notar que grande parte dos compostos encontrados são descritos para o gênero Eucalyptus que parece ser uma fonte vegetal importante para a produção da própolis Âmbar. Quanto aos fenóis totais, flavonóides totais e atividade antioxidante, as própolis apresentaram resultados diferentes entre si, sendo os valores obtidos para a própolis Âmbar sempre menores que os encontrados para as própolis Verde e Vermelha. Porém quanto à atividade antileucêmica a própolis Âmbar apresentou resultados similares a própolis Vermelha nas análises de IC50 e viabilidade. E na análise do efeito antimicrobiano todas as própolis igualaram seu efeito em concentrações acima de 500 µg/mL, apresentando também atividades semelhantes no tratamento com E.coli na concentração de 100 µg/mL. Tipificação, identificação da origem geográfica/botânica e quantidade de estudos sobre suas atividades biológicas agregam valor à própolis. Esperamos com este trabalho expandir o conhecimento técnico-científico da própolis Âmbar contribuindo com o desenvolvimento regional e ampliando o conhecimento sobre própolis.
Abstract: Propolis is a compound used by bees to seal the hive and prevent contamination that stands out because of its biological activities which have been studied for therapeutic purposes. When produced by Apis mellifera bees specie the substance is composed by about 50% vegetable resin mixed with enzymes present in its saliva and wax. This natural product may vary depending on the botanical/geographical origin and more than 300 compounds have already been described. In Brazil there is a great variability of chemical composition that is easily explained by the Brazilian biodiversity. The goal of this work was to analyze the chemical profile and antioxidant, antileukemic and antimicrobial activities of São Gabriel/Rio Grande do Sul propolis, which we call Amber propolis, and to compare its properties with the Brazilian propolis Red and Green. The chemical analyzes were performed by total flavonoids and total phenols quantification, GC-MS and HPLC. The antioxidant activity was measured by DPPH°, ABTS°+ and FRAP techniques. The antileukemic activity was analyzed in the K562, Jurkat and U937 cell lines taken into account IC50, viability, apoptosis and cell cycle parameters. The antimicrobial activity was analyzed by E. coli and S. aureus growth. The results obtained from the GC-MS of Amber propolis, collected in two years, identified a total of 99 compounds among, from these only 16 were identified for the Green and Red propolis. It was also possible verify that most of the compounds found are described for the genus Eucalyptus which seems to be an important source of compounds for the Amber propolis production. Values for total phenolics, total flavonoids and antioxidant activity, were different among the propolis, being the values obtained for the Amber propolis always smaller than those found for the Green and Red propolis. However, regarding the antileukemic activity, the propolis Amber presented similar results to the Red propolis for IC50 analyzes and viability. In the analysis of the antimicrobial effect, all the propolis presented similar effects above 500 μg/mL and also presenting some levels of activity at 100 μg / mL in E. coli. Typification, identification of the geographical/botanical origin and quantity of studies on its biological activities add value to propolis. We hope with this work to expand the technical-scientific knowledge of propolis Amber contributing to regional development and expanding knowledge about propolis.
Keywords: Brazilian propolis
Anti-microbial activity
Anti-leukemic activity
Antioxidant activity
Publisher: U
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1467
Issue Date: 27-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado e Doutorado em Ciências Biológicas



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons