Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1393
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Aquariofilia no Brasil: identificação dos aquariofilistas e as principais características da atividade em água doce
Aquariofilia in Brazil: identification of aquarists and the main characteristics of freshwater activity
metadata.dc.creator: Soares, Danilo Araujo
metadata.dc.contributor.advisor1: Souza, Marco Aurélio Alves de
Abstract: A aquariofilia tem tomado cada vez mais espaço no cenário mundial, onde nos últimos quatro anos foram movimentados quase 1,4 bilhões de dólares em exportações e cerca de 1,2 bilhões de dólares em importações de organismos aquáticos ornamentais. Os peixes ornamentais vêm sendo veiculados em diversos meios de comunicação como uns dos os animais de estimação preferidos entre os Brasileiros, estando à frente dos gatos e atrás somente dos cães. Além da utilização para entretenimento, hobby e fins decorativos, a aquariofilia pode ser empregada em pesquisas científicas, atuar como ferramenta didática de ensino e ainda corroborar diretamente com esforços de preservação de recursos naturais e espécies ameaçadas, além de apresentar um enorme potencial econômico. Apesar de suas inúmeras potencialidades, pouco se sabe sobre a aquariofilia no Brasil e o perfil de seus praticantes. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo identificar as principais características da aquariofilia e o perfil socioeconômico de aquariofilistas através de aplicações de questionários via mídias eletrônicas. Os resultados obtidos demonstraram predominância por indivíduos do sexo masculino, público com faixa etária predominante entre 20-40 anos, residentes em capitais e suas cidades adjacentes, havendo dominância por indivíduos cuja renda familiar se dá na faixa 2 a 10 salários mínimos. A maioria dos aquariofilistas iniciou a prática através de familiares tendo Bettas (Betta splendens) como o primeiro peixe. Metade do público abordado possui apenas um aquário em casa, onde os Cascudos (LORICARIIDAE) são os peixes mais frequentes em aquários brasileiros e os invertebrados aparecem em maiores números. Os Discus (Symphysodon spp.) se destacaram entre os peixes preferidos e os Aruanãs (OSTEOGLOSSIDAE) entre os mais desejados pelos aquariofilistas brasileiros, onde principal motivo para não possuírem o animal desejado se deu devido ao alto custo de aquisição destes. Dentre os entraves que dificultam a prática da aquariofilia destacaram-se os altos custos dos equipamentos e produtos, assim como taxações elevadas na conta de energia elétrica. Observou-se a criação de híbridos e espécies proibidas, havendo relatos de soltura de espécies ornamentais em ambiente natural. Conclui-se que pesquisas que visem caracterizar os principais pontos acerca da aquariofilia e do perfil de seus praticantes são de suma importância para o desenvolvimento pleno da atividade.
The fishkeeping has been gaining popularity in the world, where in the last four years was moved almost 1.4 billion dollars in exports and about 1.2 billion dollars in imports of ornamental aquatic organisms.The fishes are being announced as the favorite pet among Brazilians, ahead of cats and only behind the dogs. Used as hobby for recreational, and decorative purposes, the aquarium can be used in scientific research, and teaching tool, corroborating directly with conservation efforts of natural resources and endangered species, in addition to a huge economic potential. Despite its great potential, little is known about the fishkeeping in Brazil and the profile of its practitioners. Thus, this study aimed to identify the main features of the fishkeeping, and the socioeconomic profile of its practitioners through questionnaires via social media applications. The results showed a predominance of males, public aged between 20-40 years living in the capitals and, with dominance by individuals whose family income is between 2-10 minimum wage. Most aquarists began practice through family having Siamese Fighting Fish (Betta splendens) as the first fish. Half the brazilians has only one aquarium at home, where Plecos (LORICARIIDAE) are the most common fish in aquariums Brazilian and invertebrates appear in greater numbers. Discus (Symphysodon spp.) had emphasis as favorite fish and the Arowanas (OSTEOGLOSSIDAE) are the most wanted fish by brazlians fishkeepers. Among the obstacles that hinder the practice of the fishkeeping highlights were the high cost of equipment and products, and high values in the energy cost. Keeping of some prohibited species, hybrids and release of fishes in natural environment was observed. We conclude that research aimed contextualize the main features of fishkeeping and the profile of its practitioners are of paramount importance for the full development of the activity.
Keywords: Aquarium
Tank
Ornamental Fish
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1393
Issue Date: 10-Dec-2015
Appears in Collections:Aquicultura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DANILO PERERIRA.pdf2,57 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons