Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1280
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Análise estrutural e modelagem geológica da porção oeste da Janela Bom Jardim, Bacia do Camaquã, Caçapava do Sul – RS
metadata.dc.creator: Hernandez, Paula Gabriela Leal
metadata.dc.contributor.advisor1: Guadagnin, Felipe
metadata.dc.description.resumo: O Escudo Sul-rio-grandense ocupa a região central do estado do Rio Grande do Sul e é composto por associações de rochas geradas no intervalo de tempo entre o Paleoproterozoico e o Neoproterozoico. Durante os estágios finais do ciclo Brasiliano, no Neoproterozoico, a Bacia do Camaquã foi preenchida e deformada. A Bacia do Camaquã é dividida geograficamente em três sub- bacias (Camaquã Ocidental, Central e Oriental) que são separadas pelos altos do embasamento. Na sub-bacia Camaquã Central, na região das Minas do Camaquã, ocorre uma janela estrutural, onde rochas mais antigas estão circundadas por rochas mais jovens, chamada Janela Bom Jardim. As rochas que estão localizadas no interior da janela estrutural são pertencentes ao Grupo Santa Bárbara e as rochas que circundam essa janela são pertencentes ao Grupo Guaritas. O trabalho visou a construção de um modelo geológico 3D construído na porção oeste da Janela Bom Jardim a partir de dados de campo (acamamento, fraturas extensionais, fraturas cisalhantes e cisalhantes, e estrias nas fraturas de cisalhamento), de sensoriamento remoto, descrição litológica e de análise estrutural das estruturas obtidas em campo utilizando o software Move™. As estruturas foram analisadas através da análise estrutural quanto a sua geometria, cinemática e dinâmica (quando possível). Com os resultados da análise estrutural e o modelo geológico foi possível fazer correlações com os principais eventos deformadores da Bacia do Camaquã e também compreender melhor a relação estrutural entre o Grupo Santa Bárbara e o Grupo Guaritas. Os eventos deformadores da Bacia do Camaquã ocorrem no intervalo de tempo entre o final do Neoproterozoico e Cretáceo e correspondem a uma série de eventos compressivos e distensivos. As fraturas extensionais descritas no trabalho são classificadas como juntas, por possuírem pouco movimento perpendicular ao plano e possuem direção preferencial para NNE e NNW. Essas direções são semelhantes ao lineamentos digitalizados na área de estudo, que tem direções preferenciais para NE e NW. Para as fraturas de cisalhamento foram analisados os paleontensores e com isso foram identificados dois eventos de deformação, um transcorrente e outro extensional. O evento transcorrente, com estruturas de direção NNE e cinemática destral e estrutura com direção NW e cinemática sinistral, coincidem com dois eventos deformadores da Bacia do Camaquã. O evento transcorrente coincide com o que é apresentado na bibliografia à uma compressão NNE, que geraram falhas transcorrentes falhas transcorrentes destrais NNE e sinistrais WNW. O evento extensional, com estrutura NW e cinemática sinistral e estrutura NE com cinemática normal obliqua, coincide com o evento distensivo NE, que pode estar relacionado à dois eventos de magmatismo no Cretáceo (vulcanismo Serra Geral e diques alcalinos da Suíte Piratini). Em conjunto com o modelo geológico, foi possível observar a deformação que está presente nas duas unidades geológicos superiores da Bacia do Camaquã, onde o Grupo Santa Bárbara se encontra mais deformado que o Grupo Guaritas.
Abstract: The Sul-rio-grandense shield occupies the central region of the state of Rio Grande do Sul and is composed by associations of rocks generated in the time interval between the Paleoproterozoic and the Neoproterozoic. During the final stages of the Brasiliano cycle, in the Neoproterozoic, the Camaquã Basin was filled and deformed. The Camaquã Basin is divided geographically into three sub-basins (Camaquã Occidental, Central and Oriental) that are separated by the tops of the basement. In the Camaquã Central sub-basin, in the Camaquã Mine region, there is a structural window, where older rocks are surrounded by younger rocks called Bom Jardim Window. The rocks that are located inside the structural window belong to the Santa Bárbara Group and the rocks that surround this window belong to the Guaritas Group. The work aimed at the construction of a 3D geological model constructed in the western portion of the Bom Jardim Window from field data (lodging, extension and shear fractures, and lineations), remote sensing, structural analysis of the structures obtained in the field using the Move™ software. Structures were analyzed through structural analysis for their geometry, kinematics and dynamics (when possible). With the results of the structural analysis and the geological model it was possible to make correlations with the main deformer events in the Camaquã Basin and also to better understand the structural relationship between the Santa Bárbara Group and the Guaritas Group. The deforesting events of the Camaquã Basin occur in the time interval between the end of the Neoproterozoic and Cretaceous and correspond to a series of compressive and distensive events. The extension fractures described in the work are classified as joints, because they have little movement perpendicular to the plane and have a preferred direction for NNE and NNW. These directions are similar to the digitized lineaments in the study area, which has preferred directions for NE and NW. For the shear fractures the paleontensores were analyzed and with that two deformation events, one transcurrent and another extensional, were identified. The transcurrent event, with NNE direction structures and hatchet kinematics and structure with NW direction and sinistral kinematics, coincide with two deformer events in the Camaquã Basin. The transcurrent event coincides with what is presented in the bibliography to an NNE compression, which generated transcurrent faults transcurrent faultless NNE and sinister WNW. The extensional event, with NW structure and sinistral kinematics and NE structure with normal obliqua kinematics, coincides with the distending NE event, which may be related to two events of Cretaceous magmatism (Serra Geral volcanism and alkaline dykes of the Piratini Suite). In conjunction with the geological model, it was possible to observe the deformation that is present in the two upper geological units of the Camaquã Basin, where the Santa Bárbara Group is more deformed than the Guaritas Group.
Keywords: Bacia do Camaquã
Modelagem geológica 3D
Janela Bom Jardim
Camaquã Basin
3D geological modeling
Bom Jardim window
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Publisher: Universidade Federal do Pampa
metadata.dc.publisher.department: Campus Caçapava do Sul
Citation: HERNANDEZ, Paula Gabriela Leal. Análise estrutural e modelagem geológica da porção oeste da Janela Bom Jardim, Bacia do Camaquã, Caçapava do Sul – RS. 2016. 96 f. Trabalho de Conclusão de Curso - Curso de Geologia, Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, 2016.
URI: http://hdl.handle.net/riu/1280
Issue Date: 2016
Appears in Collections:Geologia



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.