Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.unipampa.edu.br:8080/jspui/handle/riu/1046
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: A questão dos refugiados somalis no Quênia do ditador Siad Barre (1991-2013)
metadata.dc.creator: Silva, Jéssica Monteiro Clementino da
metadata.dc.contributor.advisor1: Schütz, Nathaly Silva Xavier
metadata.dc.description.resumo: Com a queda do então ditador, Siad Barre, em 1991, o Estado somali entrou em colapso. Desde então, o país mergulhou em uma Guerra Civil que perdura até o presente, em que nenhuma autoridade consegue governar o país de forma efetiva dada disputas pelo poder, principalmente pelo grupo Al-Shabaab. Duas Missões de Paz da ONU foram implantadas na Somália ainda na década de 1990, mas ambas fracassaram e, atualmente, há no país uma Missão da União Africana (AMISOM) e uma Missão de Assistência da ONU (UNSOM). Além disso, a Somália é um Estado que não consegue prover à sua população seus direitos fundamentais, que acabam ficando a cargo das organizações internacionais e organizações não governamentais, que enfrentam muitos obstáculos para conseguir assisti-las. Tal situação, aliada aos longos períodos de seca que acometem a região, provoca uma onda massiva de fuga de milhares de pessoas, principalmente para os países vizinhos como a Etiópia, o Iêmen e o Quênia. Esse último abriga mais da metade dos refugiados oriundos da Somália, o que tem causado vários impactos a esse país, que, também enfrenta grandes dificuldades para se gerir. Diante desse quadro, o governo queniano tem tomado medidas com relação a esse montante de refugiados que entram todos os dias no país, mesmo mantendo fechadas suas fronteiras com a Somália desde 2007. O Quênia é um país signatário dos principais instrumentos que regem a proteção da pessoa humana, por isso, teoricamente, deveria estar em consonância com tais instrumentos. Assim, diante do exposto, o presente trabalho objetiva analisar a realidade dos refugiados somalis no Quênia, explanando acerca dos impactos desses no país, bem como suas consequências para as relações Quênia-Somália
Abstract: Due to the fall of the then dictator Siad Barre, in 1991, the Somali state collapsed. Since then, the country plunged into a civil war that lasts until the present and no authority is able govern the country effectively due the struggle for power, especially by the group Al-Shabaab. Two United Nations peacekeeping operations were also deployed in Somalia in the 1990s, but both failed and currently, in the country, there is one African Union Mission (AMISOM) and one UN Assistance Mission (UNSOM). In addition, Somalia is a state that can't provide to its people their basic rights, which end up in charge of international organizations and nongovernmental organizations, which face many obstacles to get help them. This situation, allied to long periods of drought that affect the region provokes a massive wave of flight of thousands of people, mainly to neighboring countries, such as Ethiopia, Yemen and Kenya. This last is home to more than half of refugees from Somalia, which has caused great damage to this country, which also faces great difficulties to manage. Facing this situation, the Kenyan government has taken actions with respect to this amount of refugees that entering in the country every day, even keeping closed its borders with Somalia since 2007. Kenya is a signatory country of the main instruments that governing the protection of human person, so theoretically should be in accordance with these instruments. Therefore, based on the above considerations, this study aims to analyze the reality of Somali refugees in Kenya, explaining about the impacts of these in the country as well as its consequences for the Kenya-Somali relations.
Keywords: International relations
Kenya
Refugees
Peace operations
Publisher: Universidade Federal do Pampa
Citation: SILVA, Jéssica Monteiro Clementino da. A questão dos refugiados somalis no Quênia do ditador Siad Barre (1991-2013) Santana do Livramento: Unipampa, 2014.
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://hdl.handle.net/riu/1046
Issue Date: 18-Aug-2014
Appears in Collections:Relações Internacionais



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons